fbpx

Pfizer pede autorização para aplicação de reforço em adolescentes

Anvisa vai analisar o pedido feito pela Pfizer para aplicação de dose de reforço da vacina contra a covid para adolescentes de 12 a 17 anos de idade. O pedido foi recebido pela Anvisa nessa sexta-feira, que deve responder em até 30 dias. A Agência vai avaliar se os dados clínicos apresentados pela empresa comprovam o benefício da dose adicional para os adolescentes.

Segundo o laboratório, o reforço nessa faixa etária deve ser aplicado quatro meses após a segunda dose do esquema inicial.

Até o momento, a bula da Comirnaty, nome do imunizante fabricado pela Pfizer, prevê a dose de reforço para a faixa etária a partir de 18 anos de idade. No dia 21, a Anvisa recebeu o pedido da Pfizer para a inclusão da dose de reforço na bula da vacina para crianças de 5 a 11 anos.

O Ministério da Saúde recomenda a dose de reforço contra a Covid-19 para adolescentes, entre 12 e 17 anos.

Fonte: Agência Brasil

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra