fbpx
O maior canal de informação do setor

P&G prevê R$ 600 mi com distribuição de medicamentos

651
distribuição de medicamentos
Foto: Divulgação

 

O Estado do Rio de Janeiro será o hub brasileiro de distribuição de medicamentos da divisão de saúde da P&G. As informações são do Diário de Petrópolis. A multinacional decidiu unificar todas as operações dos centros de distribuição da companhia em Itatiaia, com a perspectiva de comercializar R$ 600 milhões em medicamentos em 2022. Cerca de 100 novos empregos irão se somar aos 600 já existentes nesta operação. O objetivo da empresa é alcançar R$ 1 bilhão em vendas nos próximos três anos.

“A decisão da P&G é uma demonstração de confiança no trabalho do nosso governo por um novo Rio de Janeiro, competitivo e economicamente sustentável. Com localização privilegiada, na região Sudeste, logística diversificada e um ambiente de negócios favorável a novos investimentos, o estado se tornou novamente um polo de atração de negócios, que já está mudando a vida da população fluminense”, afirma o governador Cláudio Castro.

Com faturamento superior a R$ 3 bilhões, o centro de distribuição da P&G opera em Itatiaia desde 2009 e, desde então, já foram investidos mais de R$ 1,2 bilhão na região, segundo a empresa. Agora, todos os produtos da divisão de medicamentos que serão vendidos no Brasil passarão pelo hub de Itatiaia.

“O local onde está instalado o centro de distribuição é considerado estratégico devido à proximidade com infraestruturas logísticas, como a rodovia Presidente Dutra. Além disso, o mercado consumidor do estado é um dos maiores do país”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Cássio Coelho.

O vice-presidente da divisão de saúde da P&G, Rodrigo Padilla, diz que o foco principal da área é fortalecer os produtos já existentes e a participação de mercado no Brasil, que, hoje, é de 7,4%.  “Queremos virar uma empresa relevante na indústria farmacêutica. Globalmente, temos a missão de nos tornarmos top 3 de consumer health (saúde do consumidor) do mundo”, afirma.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

 

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação