fbpx

Precificação na farmácia revela visão limitada, dizem consultores

Precificação na farmácia revela visão limitada, dizem consultores

A precificação representa o maior gargalo para o gerenciamento de uma farmácia. É o que sinalizou a última enquete do Panorama Farmacêutico, que registrou a contribuição de 2.144 profissionais do canal farma.

Esse quesito foi destacado por 760 leitores (35%). A gestão da equipe recebeu 540 menções (26%), enquanto 458 participantes (21%) apontaram as limitações financeiras como principal barreira. As dificuldades na área de compras tiveram 386 votos (18%).

Nossa equipe de reportagem procurou consultores independentes para entender o que faz da precificação um obstáculo tão relevante. E a constatação parece unânime. Para eles, o varejo farmacêutico precisa abandonar uma visão limitada, que ainda associa a guerra de preços a um diferencial competitivo.

“Os gestores que mantêm essa filosofia podem estar atraindo o cliente errado e comprometendo a rentabilidade. O caminho passa por incorporar serviços de saúde por meio de salas de assistência farmacêutica. Elas ajudam a fidelizar o consumidor, melhoram o posicionamento de mercado e podem estimular a compra de produtos sem necessariamente um desconto tão agressivo”, pontua Tiago Bocalon, sócio do Instituto Evolua Farma.

E se a relação colaborativa de sua farmácia com a indústria estiver condicionada somente ao preço e volume de compras? Está aí mais um atalho para o fracasso, de acordo com Cibele Vacchiano, da XL Consultoria, que já realizou trabalhos para grupos como BIG, Nissei e Walmart.

“É preciso haver mais equilíbrio nessa relação para que nenhuma parte se coloque em posição de fragilidade. O preço deve ser somente uma das variáveis desse processo, que inclui campanhas, materiais de merchandising e capacitação dos balconistas”, destaca. “Por que o varejista não disponibiliza ao fabricante a ponta de gôndola para uma determinada SKU e propõe como contrapartida o cadastro de outro produto? Ou então utiliza o treinamento da equipe do PDV como moeda de troca”, exemplifica.

Precificação na farmácia revela visão limitada, dizem consultores

Nova enquete

A nova enquete que está no ar aborda outra dificuldade familiar ao varejo farmacêutico. O que mais compromete a boa gestão do estoque? De novo o problema esbarra na precificação? Será que os obstáculos estão no timing da reposição dos produtos, na escolha dos fornecedores, no processo de catalogação ou na ausência de tecnologia?

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/nova-lei-de-licitacoes-traz-mais-insercao-de-venda-a-varejistas/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra