Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Saiba as causas mais comuns de dor na bexiga

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

dor na bexiga

A dor na bexiga, além de ser uma condição desconfortante, pode ser um sinal de atenção à saúde. Classificada como crônica ou aguda, ela pode estar relacionada à infecção urinária, endometriose, pedra nos rins ou até mesmo ao câncer.

Obviamente, que o sintoma e todas as sensações que o acompanham devem ser avaliados, o diagnóstico e o tratamento mais adequado. A seguir, listamos as principais causas da dor na bexiga:

Infecção do trato urinário

A infecção urinária acomete mais as mulheres, mas os homens não estão descartados. Ela é a causa mais comum de quem está sofrendo com a dor, no geral ocorre na bexiga ou uretra, e em situações mais graves desenvolve para o rim. Queixas de ardência ao urinar e frequentes idas ao banheiro, são as maiores queixas.  Normalmente o tratamento envolve o uso de antibióticos para combater a bactéria e a ingestão de água.

Cálculo renal

Popularmente conhecido como pedra nos rins, o cálculo renal promove dores intensas, podendo se alojar nos rins, ureter e bexiga. Os cálculos podem transitar pelo trato urinário e provoca uma cólica intensa, vômitos e náuseas. Para minimizar as dores e ajudar a expelir as indesejáveis pedras, o médico pode indicar procedimentos menos invasivos, como aplicação de analgésico na veia ou cirurgia para situações mais extremas.

Cistite intersticial

Conhecida como a síndrome da bexiga dolorida, a doença crônica é mais comum em mulheres, caracterizada por fortes irritações nessa região e também na pélvica, que implica em desconfortos durante a relação sexual, além da micção frequente. Nesse caso, um medicamento para dor consegue acalmar.

Endometriose

A endometriose na bexiga é uma forma rara da doença. Ocorre quando ela se infiltra no músculo e cresce dentro ou fora do órgão, provocando dor ou ardor ao urinar, vontades frequentes de ir ao banheiro e até sangue. O ginecologista é o profissional que vai indicar o tratamento mais eficiente, que pode incluir anticoncepcionais ou o implante de DIU.

Câncer na bexiga

O câncer de bexiga é uma condição mais grave que pode apresentar dores. Sinai mais graves podem surgir, como sangue na urina, dor abdominal persistente, perda de peso e fadiga. A intervenção terapêutica vai depender do estágio do tumor, que pode envolver cirurgia, quimioterapia ou radioterapia.

Qual profissional procurar?

Assim como em qualquer outra situação, ao se deparar com os sintomas relacionados, busque ajuda de um profissional, que neste caso é o urologista. Após avaliar o caso, o paciente será orientado sobre o tratamento mais adequado.

Como é o diagnóstico

O diagnóstico é feito clinicamente, mas dependendo da intensidade dos sintomas, podem ser solicitados exames complementares para uma investigação mais ampla. Se eventualmente ocorrer episódios de sangue na urina, dor miccional, febre e corrimento, o especialista deve ser informado de imediato.

Para prevenir a dor na bexiga, adote hábitos básico, como lavar as mãos e limpar corretamente a área genital, além de ingerir bastantes água para manter o órgão saudável e evite segurar o xixi por muito tempo.

Se estiver passando por um episódio de dor na bexiga, procure um médico para ter um diagnóstico preciso. Ignorar os sintomas pode levar a sérias complicações e afetar a qualidade de vida.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress