fbpx
O maior canal de informação do setor

Samsung nega intenção de compra da Biogen

638
Samsung nega intenção de compra da Biogen
Foto: Depositphotos

 

Apesar dos rumores do mercado indicarem uma negociação da Samsung BioLogics, unidade de biotecnologia do Grupo Samsung, para adquirir a farmacêutica Biogen, a empresa sul-coreana negou qualquer tipo de interesse de compra. Nesta quarta-feira (29), o Korea Economic Daily, citando relatórios de bancos de investimento, informou que a Biogen abordou a Samsung para comprar suas ações, que podem ser avaliadas em mais de US$ 42 bilhões. A farmacêutica americana está avaliada em US$ 34,67 bilhões, de acordo com dados da Refinitiv.

Entretanto, segundo reportagem da Reuters, a Samsung BioLogics afirmou em um documento regulatório que o relatório “não era verdadeiro”, sem dar mais detalhes. Já a Biogen disse que não comenta rumores ou especulações de mercado.

O Grupo Samsung havia dito no início deste ano que investirá 240 trilhões de won (US$ 206 bilhões) nos próximos três anos para expandir sua atuação em biofármacos, inteligência artificial, semicondutores e robótica na era pós-pandemia.

A Biogen encontra-se em um momento em que está trabalhando para lançar seu controvertido medicamento para Alzheimer, o Aduhelm, e sofrendo com a queda nas receitas à medida que os genéricos corroem as vendas de seu principal medicamento para esclerose múltipla, o Tecfidera.

Mas as vendas da Aduhelm nos Estados Unidos têm sido mais lentas do que o esperado, pois os hospitais reclamaram que o alto custo do medicamento não compensava seus benefícios. A empresa cortou seu preço pela metade, para US$ 28.200 neste mês.

Segundo o portal Fierce Pharma, a Samsung não é estranha à Biogen. As duas empresas têm uma joint venture com foco em biossimilares, a Samsung Bioepis. Ela vende suas próprias versões dos principais medicamentos biológicos, como o Remicade, da Johnson & Johnson. Sua versão do megablockbuster Humira, da AbbVie, foi aprovada pelo FDA e está liberada para lançamento em junho de 2023. O negócio de biossimilares está gerando cerca de US $ 800 milhões em receitas anuais e a Samsung já possui 50,1% do empreendimento.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/desmonte-ou-retomada-farmacia-popular/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação