O maior canal de informação do setor

São Paulo antecipa calendário de vacinação para toda a população acima de 18 anos

190

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou novas datas para vacinar a população com mais de 18 anos contra a Covid-19. Todo o calendário de vacinação no estado foi antecipado em 15 dias.

Veja também: Virologista que teria sugerido ‘gabinete paralelo’ do Ministério da Saúde recebe…

De acordo com o novo cronograma, a vacinação da população geral sem comorbidades, de 55 a 59 anos, começa na próxima quarta-feira (16). O último grupo, de 18 a 24 anos, começa a ser imunizado em 28 de setembro, com a conclusão precisa para dia 18 de outubro.

Siga nosso Instagram

Doria também antecipou a imunização dos profissionais de saúde com mais de 18 anos. ‘Nós vamos antecipar a vacinação para 363 mil profissionais da educação básica de 18 a 44 anos para esta sexta-feira, 11 de junho’, disse o governador durante o lançamento do evento Mega Escola, no Memorial da América Latina.

Vacinação de grávidas na capital

A cidade de São Paulo começou na segunda-feira (7) a vacinação contra a Covid-19 de grávidas sem comorbidades e puérperas que deram à luz a até 45 dias. Para receber a vacina, é necessário ter mais de 18 anos, segundo o calendário de vacinação.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que todos os postos de vacinação contra o coronavírus foram reabertos na capital. Inclusive, todos estão com a segunda dose disponível para quem já tomou a primeira.

Covaxin e Sputnik V: Anvisa aprova importação e uso das vacinas no Brasil Governo antecipou a entrega de 3 milhões de doses da vacina Janssen para este mês EUA listam primeiros países a receberem doses de vacinas doadas

Até o último sábado (5), haviam sido aplicadas 5.275.141 doses na capital paulista desde o início da campanha, em 19 de janeiro. Desse grupo, 3.635.748 receberam a primeira dose e 1.639.393 já foram imunizados com as duas doses da vacina.

‘Conseguimos resultados importantes (com o calendário de vacinação) e agradecemos a todos os que compareceram aos postos e aos que trabalharam neste dia. Queremos e precisamos avançar mais, pois somente com a segunda dose é possível garantir a proteção’, disse a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula.

Fonte: Olhar Digital

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação