Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Seguro tem assistência para violência contra a mulher

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Seguro

Sandra Takata, presidente do Instituto Mulheres do Varejo (Foto: Divulgação)Um seguro de vida com assistência para violência contra a mulher. Esta foi a novidade apresentada no evento em comemoração ao quinto aniversário do Instituto Mulheres do Varejo, composto por 350 executivas ou proprietárias atuantes do ecossistema varejista. A entidade fechou uma parceria com o Clube Infinity para criar um seguro de acidentes pessoais, com 12 assistências e mais de 50 benefícios em um só produto.

O seguro estará disponível a partir de janeiro de 2024 para as mulheres associadas ao grupo e também para os varejistas interessados.  “Jogamos essa tarefa para algumas seguradoras depois de ouvir e vivenciar muitos casos em que a mulher fica desamparada, mesmo sendo diretora ou CEO, pois ela é a responsável pelos cuidados, mas deixa muitas documentações (imóvel, seguro saúde etc) em nome do marido”, afirma Sandra Takata, presidente do Instituto Mulheres do Varejo.

“Além disso, queríamos algo que pudesse deixar a mulher um pouco mais segura, por isso queríamos assistência jurídica para que elas pudessem tirar dúvidas relacionadas a assédio moral ou sexual”, explica.

Seguro prevê cobertura para violência contra a mulher

O seguro prevê, na cobertura de “assistência violência contra a mulher”, hospedagem em caso de acidente pessoal grave decorrente de crime, envio de taxi em caso de violência física, orientação e apoio psicológico, hospedagem emergencial de até quatro diárias por evento/por dia. Além de outras coberturas, como personal organizer online, assistência funeral para titular, cônjuge, filhos, pai e mãe, assistência pet, assistência mobilidade com serviços diversos, inclusive com troca de pneus, assistência personal fitness, assistência cartão natalidade, lar e segurança, assistência nutricional e assistência jurídica.

Cinco anos de atividades

O Instituto Mulheres do Varejo completou cinco anos num evento no Espaço APAS, com o tema Conexão e Confiança. Este ano, por meio do Instituto Adus (que promove integração de refugiados), os convidados puderam experimentar quitutes feitos por refugiadas do Congo, Síria e Venezuela. O encerramento ainda ficou por conta do grupo “Os escolhidos”, composto por cantores do Congo que emocionaram a plateia.

Entre os convidados palestrantes estavam Márcia Lerinna, CEO da Human Code, criadora da metodologia de Código Humano que falou sobre os cenários de 2024; jovens do projeto SouPaideia, do Instituto de Economia ao Natural que estabeleceram conexões entre gerações num painel liderado por Patrícia Quintiliano, autora do livro O Futuro do Varejo Supermercadista.

Houve também um painel com a participação de Simone Cotta, head de Comunicação do Grupo Pereira, que contou sobre um projeto de inclusão de presidiários em sua operação; Day Souza, CEO da Doce Preço com seu case de ambientação do supermercado para autistas e também Juliana Tabegna Wei, diretora de RH, da Heineken, mostrando o Departamento de Felicidade criado pela empresa; todo painel foi liderado pelo CEO do Enxuto, Samuel Costa Vânio Júnior, que também faz parte do Eles por Elas, do Instituto Mulheres do Varejo. O aniversário da entidade ainda teve a participação da primeira mulher presente na bancada do Jornal Nacional,  Valéria Monteiro, como mestre de cerimônia.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!