fbpx
O maior canal de informação do setor

Sindicato confirma que dezenas de unidades de saúde não têm farmacêuticos em Rio Branco

161

O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Acre (SINDIFAC) divulgou uma nota afirmando que a fiscalização do Conselho de Medicina numa Unidade de Saúde da Família, que descobriu, entre outras irregularidades, a falta de farmacêutico, só confirmou o que o sindicato e o Conselho Regional de Farmácia (CRF-AC) já identificaram e que, segundo a entidade, vêm solicitando há anos concurso público para suprir o déficit de farmacêuticos na rede municipal.

A nota afirma que lei nº 13021/2014 estabelece no capítulo II, Artigo 5 das atividades farmacêuticas, quase farmácias de qualquer natureza requerem, obrigatoriamente, para seu funcionamento, a responsabilidade e a assistência técnica de farmacêutico habilitado na forma da lei.

‘O que se observa são inúmeras unidades de saúde sem a responsabilidade técnica do farmacêutico e isso só traz danos à população porque ele é o único profissional da área da saúde que está habilitado a dispensar e a realizar a Atenção Farmacêutica orientando o paciente quanto ao uso, dosagem, as interações medicamentosas, além disso, sua ação evita o desperdício de medicamentos, e consequentemente, os recursos financeiros para aqueles municípios que descumprem o preconizado em Lei’, explica o Sindifac em nota.

O sindicato afirma que solicita que as unidades de saúde que possuem farmácias tenham a supervisão farmacêutica para evitar os diversos problemas encontrados na rede de saúde pública.

Fonte: AC24Horas 

 

Veja Também:https://panoramafarmaceutico.com.br/omicron-afasta-e-farmacias-fecham/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação