Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Ultrafarma terá vendas nos EUA e licenciará marca

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Ultrafarma terá vendas nos EUA e licenciamento de marca

Exclusivo. A Ultrafarma anuncia detalhes de um plano de expansão com a meta de superar R$ 3 bilhões de faturamento ainda este ano. Entre as estratégias está a atuação nos Estados Unidos, a abertura de um processo de licenciamento de farmácias e uma operação de atacado voltada para PDVs independentes.

Os investimentos estimados somam R$ 30 milhões. A estreia no mercado norte-americano será viabilizada por meio de acordo com a Amazon, que acaba de ser assinado e envolverá os produtos da marca Sidney Oliveira. A expectativa é que, em até 60 dias, um portfólio de 200 SKUs de suplementos e vitaminas esteja disponível na loja virtual da gigante do varejo global.

A rede, entretanto, não exportará produtos para os Estados Unidos. “Na verdade, nossas linhas passarão a ser fabricadas nos Estados Unidos e também na Europa, por meio de laboratórios parceiros que já contam com a chancela das agências reguladoras locais – a Food and Drug Administration (FDA) e a European Mediciny Agency (EMA)”, comenta o diretor comercial Mario César.

Os novos produtos contarão com a consultoria do norte-americano John Lewis, ex-professor da Universidade de Miami e especialista em pesquisas sobre suplementação alimentar. “Estamos apostando em formulações com componentes da flora brasileira, entre eles o guaraná”, acrescenta o executivo.

Ultrafarma investirá também em licenciamento de farmácias

A Ultrafarma também prevê acelerar o processo de licenciamento de farmácias independentes para conversão à bandeira Sidney Oliveira, que atualmente mantém duas lojas próprias – uma em Santos, no litoral do estado de São Paulo; e outra no bairro paulistano de Santo Amaro.

A rede projeta chegar a 300 unidades em dois anos, a exemplo do que aconteceu com a Ultrafarma Popular – rede com 399 unidades em sete estados e no Distrito Federal, sob o regime de franquias. No entanto, fontes do mercado avaliam que a Sidney Oliveira poderia se tornar uma concorrente de peso da própria Ultrafarma, embora a diretoria fale em sinergia das operações.

“Nosso alvo seriam empreendedores que administrem de três a nove unidades. Seria uma farmácia multicanal, pois incorporaria o e-commerce e as consultoras do catálogo Sidney Oliveira”, ressalta César.

As farmácias que aderirem a esse modelo terão ainda o suporte do Ultratakado, como está sendo intitulada a nova divisão de atacado destinada a esses PDVs. A operação estará concentrada em um dos centros de distribuição baseados em Santa Isabel, na Região Metropolitana de São Paulo.

“Os negócios por atacado não incluirão medicamentos e sim produtos de higiene pessoal e beleza, além de suplementos. Nos inspiramos no exemplo da Alibaba e abriremos também as vendas para pessoas físicas, com o conceito de atacarejo”, explica.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress