O maior canal de informação do setor

União Química prevê exportar vacina para o Mercosul

477

União Química prevê exportar vacina para o Mercosul

Ainda sem aval da Anvisa, a vacina Sputnik V, desenvolvida pela Rússia para combater a Covid-19, pode aparecer em outros mercados da América do Sul antes do Brasil.

A União Química finalizou o processo de produção do primeiro lote da vacina, com cerca de 100 mil doses. E segundo o presidente executivo Fernando Marques, Argentina, Paraguai e Uruguai já sinalizaram interesse na aquisição do imunizante.

O lote, inclusive, foi acondicionado em caixas com rótulos em espanhol. No entanto, a decisão sobre os países de destino passa pelo crivo do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), controlador do  responsável pelo desenvolvimento da vacina.

A farmacêutica brasileira estima que poderá fabricar 8 milhões de doses quando a Anvisa aprovar a sua utilização no Brasil.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação