Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Zodiac pede aprovação da vacina bivalente contra a Covid-19

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

vacina bivalente

 

A Zodiac, representante da farmacêutica Moderna no Brasil, protocolou nesta sexta-feira, dia 20, o pedido de registro definitivo da vacina bivalente mRNA-1273.22 para proteção tanto contra o vírus original da Covid-19 quanto contra as subvariantes Ômicron BA.4/BA.5, para todos os indivíduos a partir dos 6 anos de idade.

“Estamos entusiasmados em avançar mais uma etapa, apresentando todos os documentos e informações necessárias para que a avaliação da Covid-19 bivalente seja realizada pela Anvisa, e para que a população brasileira tenha, em breve, acesso a uma vacina eficaz e com a mais alta tecnologia em sua concepção”, destaca Alexandre Seraphim, CEO da Zodiac no Brasil.

Sob o nome comercial Spikevax, a Moderna recebeu autorizações definitivas ou emergenciais para a vacina bivalente contra Ômicron em países de todo o mundo, incluindo os Estados Unidos, Austrália, Argentina, Canadá, Chile, Europa, Japão, Panamá, Coreia do Sul, Suíça, Singapura, Taiwan, e Reino Unido até à data, tendo apresentado pedidos regulamentares em todo o mundo.

Vacina bivalente proetege contra nova onda de infecções

Ampliar os índices de vacinação da população, incluindo a imunização com vacinas bivalentes adaptadas para situação epidemiológica vigente, principalmente de grupos vulneráveis, é a melhor maneira de proteger a população de novas variantes e de uma possível nova onda de infecções. “O cenário é ainda preocupante pois o vírus continua evoluindo e sofrendo mutações, apresentando ainda riscos importantes de hospitalizações/óbitos, associados também à redução da imunidade proporcionada por anticorpos neutralizantes”, afirma Eduardo Issa, diretor médico da Zodiac no Brasil.

“A submissão em caráter definitivo à Anvisa amplia o comprometimento da Zodiac em combater a Covid-19 no País, com objetivo de proporcionar uma vacinação atualizada, segura e adequada para proteção contra as subvariantes circulantes BA.4 e BA.5 da Ômicron, e outras que poderão surgir, devido a evolução viral. Estamos caminhando para uma situação endêmica, em que, provavelmente, uma vez ao ano teremos que receber uma dose vacina adaptada, de acordo com as variantes que circulantes, sendo a vacina covid-19 bivalente (original – Ômicron BA. 4-5) Moderna, a vacina candidata para esse momento”, comenta Thiago Barbosa, diretor da unidade de vacinas da Zodiac no Brasil.

A Zodiac firmou um acordo de distribuição e comercialização da vacina da Moderna na América Latina, no início de 2022. A empresa pertence ao grupo Adium, que tem operações em 18 países da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Guatemala, El Salvador, Caribe, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá, República Dominicana, Chile, Colômbia, Equador, México Paraguai, Peru, Uruguai) e é líder de vendas no México.

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!