Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

AstraZeneca mira mercado de obesidade em parceria com China

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Obesidade
Foto: Reprodução site AstraZeneca

De olho no mercado de obesidade, a AstraZeneca fechou um contrato de licença exclusivo com a farmacêutica chinesa Eccogene para o desenvolvimento e comercialização de um medicamento para tratamento da obesidade, diabetes tipo 2 e outras comorbidades. Trata-se do ECC5004, um agonista experimental do receptor do peptídeo 1 semelhante ao glucagon (GLP-1RA) oral, com ingestão uma vez ao dia.

Os resultados preliminares do ensaio de Fase I mostraram um perfil clínico diferenciador para o ECC5004, com boa tolerabilidade e incentivo à redução da glicose e do peso corporal nos níveis de dose testados em comparação com o placebo.

Segundo os termos do acordo, a Eccogene receberá um pagamento inicial de US$ 185 milhões e também poderá receber até US$ 1,8 bilhão adicional em futuros marcos clínicos, regulatórios e comerciais. A Eccogene é ainda elegível para receber royalties escalonados sobre as vendas líquidas de produtos.

Em troca, a AstraZeneca receberá direitos exclusivos para desenvolver e comercializar a molécula ECC5004 GLP-1RA, da Eccogene, para qualquer indicação em todos os territórios, exceto na China. As duas farmacêuticas farão parceria para codesenvolvimento e co-comercialização do ECC5004 na China.

Opção de tratamento para o mercado de obesidade

“Com o número de pessoas que vivem com doenças cardiometabólicas e obesidade hoje já ultrapassando um bilhão, há uma necessidade de inovação contínua e de opções terapêuticas de próxima geração”, afirma Sharon Barr, vice-presidente executiva de P&D de Biofarmacêuticos da AstraZeneca.

Segundo a executiva, com base nos promissores dados clínicos de Fase I gerados pela Eccogene, a molécula oral de GLP-1RA poderia oferecer alternativas às atuais terapias injetáveis, tanto como potencial de monoterapia, bem como em combinação para doenças cardiometabólicas, como diabetes tipo 2 ou obesidade. “O ECC5004 fortalece ainda mais nosso pipeline existente abordando vias de incretina e não-incretina, incluindo nosso agonista duplo GLP-1/glucagon [AZD9550] e análogo de amilina de ação prolongada [AZD6234]”, acrescenta.

“A AstraZeneca possui capacidades globais impressionantes em desenvolvimento clínico e comercialização. Esta importante colaboração irá acelerar o desenvolvimento do ECC5004 para beneficiar os milhões de pacientes em todo o mundo que vivem com estas doenças, incluindo melhor conveniência e facilidade de uso em comparação com as terapias GLP-1RA existentes”, ressalta Jingye Zhou, CEO da Eccogene.

Os GLP-1RAs são uma importante opção de tratamento para pessoas que vivem com doenças metabólicas, como diabetes e obesidade. Eles demonstraram ser eficazes na diminuição da hemoglobina A1c (HbA1c), promovendo a perda de peso e reduzindo o risco de eventos cardiovasculares ao imitar o hormônio GLP-1.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!