fbpx

Brasil registra 15 mil casos e 271 mortos por covid-19 em 24 horas

O Brasil registrou 15.383 novos casos confirmados de coronavírus e 271 mortes ligadas à covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) nesta segunda-feira (19/10).

Os novos números elevam o total de infectados para 5.250.727, enquanto o de óbitos chega a 154.176. O Conass não divulga o número de pessoas recuperadas. Segundo o Ministério da Saúde, 4.650.030 pessoas haviam se recuperado da doença no domingo.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais de casos e mortes devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

São Paulo é o estado brasileiro mais atingido pela epidemia, com 1.064.039 casos e 38.035 mortes. O total de infectados no território paulista supera o dos registrados em praticamente todos os países do mundo, exceto Estados Unidos, Índia e Rússia.

A Minas Gerais é o segundo estado brasileiro com maior número de casos identificados, somando 336.648, seguida de Bahia (336.232), Rio de Janeiro (291.413), Ceará (265.583) e Pará (241.262).

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 73,4 no Brasil, uma das mais altas do mundo. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, dos EUA, o Brasil é a quarta nação com a maior proporção de mortes no mundo, se desconsideradas a micronações europeias de San Marino e Andorra.

O país só está atrás de Peru (105,35), Bélgica (91,17) e Bolívia (74,70). Está à frente dos EUA (67,14), o país com maior número absoluto de mortos do mundo, e do Reino Unido (65,78), a nação europeia com mais óbitos.

Em números absolutos, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais infecções, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam mais de 8,2 milhões de casos, e da Índia, com 7,5 milhões. Mas é o segundo em número de óbitos, depois dos EUA, onde morreram mais de 220 mil pessoas.

Ao todo, mais de 40 milhões de pessoas contraíram o coronavírus no mundo, enquanto mais de 1,1 milhão morreram em decorrência da doença, segundo contagem mantida pela Universidade Johns Hopkins.

CN/ots

Cronologia da covid-19 no Brasil Primeiro caso no BrasilApós já ter se espalhado por cerca de 40 países, matado mais de 2.700 pessoas e infectado mais de 80 mil, o primeiro caso do novo coronavírus é confirmado no Brasil apenas no final de fevereiro. Trata-se de um homem de 61 anos que viajou à Itália a trabalho. (26/02)
Cronologia da covid-19 no Brasil Brasil registra primeiras mortes pelo novo coronavírusA primeira vítima de covid-19 no país é um homem de 62 anos, morador de São Paulo e que sofria de diabetes e hipertensão. No mesmo dia, um hospital em Niterói, no Rio de Janeiro, anuncia a morte de um idoso de 69 anos com sintomas de coronavírus. (17/03)
Cronologia da covid-19 no Brasil Covid-19 em todos os estadosRoraima, o último estado que ainda não registrava casos do novo coronavírus, reporta dois infectados. Com isso, todos os estados brasileiros e o Distrito Federal já têm casos de covid-19 confirmados. (21/03)
Cronologia da covid-19 no Brasil Governo restringe entrada de estrangeirosComeça a valer a medida que restringe a entrada no país, via aérea, de pessoas vindas da Europa e de vários países asiáticos por 30 dias para conter a disseminação do coronavírus. A portaria não se aplica a brasileiros natos ou naturalizados ou a imigrantes com autorização de residência no país. (23/03)
Cronologia da covid-19 no Brasil Bolsonaro minimiza vírus em pronunciamentoO presidente faz um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão no qual conclama o país a “voltar à normalidade”, pedindo que os estabelecimentos comerciais não fechem as portas e que as pessoas saiam do confinamento em suas casas. Ele chama a covid-19 de “gripezinha” e fala em “histeria” devido à pandemia. Bolsonaro é alvo de panelaços pelo oitavo dia consecutivo. (24/03)
Cronologia da covid-19 no Brasil Bolsonaro sanciona ajuda de até R$ 1,2 mil para informais Bolsonaro sanciona um auxílio emergencial por três meses, no valor de 600 reais, destinados aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. (01/04)
Cronologia da covid-19 no Brasil Mortes por covid-19 no Brasil superam óbitos por dengue e H1N1 em 2019O país soma 800 mortes em decorrência do novo coronavírus. Durante todo o ano passado, foram registrados 782 óbitos por dengue e outros 312 continuam em investigação, mostra boletim epidemiológico divulgado pela pasta da Saúde. De acordo com outro boletim epidemiológico, em 2019 morreram no Brasil 787 pessoas vítimas de Influenza A (H1N1). (08/04)
Cronologia da covid-19 no Brasil Garoto de 15 anos é primeiro ianomâmi a morrer por covid-19O adolescente recebia cuidados em um leito de UTI num hospital em Boa Vista desde 3 de abril. Entidades de defesa da causa indígena, como o Instituto Socioambiental (ISA) e o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), têm denunciado a subnotificação de casos de covid-19 entre indígenas e demonstrado preocupação com o risco para as comunidades. (10/04)
Cronologia da covid-19 no Brasil Bolsonaro demite MandettaEm meio à pandemia de coronavírus, Bolsonaro demite o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A decisão ocorre dias depois de o titular da pasta ter dado uma entrevista contrariando a posição do presidente em relação à resposta à pandemia de covid-19. Mandetta defendia o isolamento social. O médico oncologista Nelson Teich foi escolhido para substituir Mandetta. (16/04)
Cronologia da covid-19 no Brasil Novo ministro da Saúde defende plano para saída do isolamentoEm sua primeira entrevista após assumir o comando do Ministério da Saúde, Nelson Teich defende um plano para saída do isolamento e diz que o número de infectados no país é relativamente baixo se comparado com o total da população e não deve alcançar 70% da população em contato com a doença. “É impossível um país sobreviver um ano, um ano e meio parado.” (22/04)
Cronologia da covid-19 no Brasil Brasil supera a China em mortes por covid-19A contagem diária de mortes por covid-19 atinge número recorde com 474 óbitos, elevando o total de vítimas no país para 5.017. O Brasil se torna o 9º país com o maior número de mortes em todo o mundo, superando a China, onde surgiu a pandemia e 4.637 óbitos foram registrados. Ao ser questionado sobre as mortes, Bolsonaro responde: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê?”. (28/04)
Cronologia da covid-19 no Brasil Bolsonaro livra agentes públicos de responsabilidade por erros durante epidemiaDe acordo com medida provisória (MP) editada por Bolsonaro, agentes públicos apenas poderão ser responsabilizados nos âmbitos civil e administrativo se houver “dolo ou erro grosseiro”, “manifesto, evidente e inescusável, praticado com culpa grave” e ”com elevado grau de negligência, imprudência ou imperícia”. Dias depois, o STF limitou o alcance da MP. (14/05)
Cronologia da covid-19 no Brasil Covid-19 atinge dezenas de povos indígenasA Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) informou que, até 15/05, 38 povos indígenas do país já haviam sido afetados pelo coronavírus. A associação contabilizou 446 infecções e 92 mortes em comunidades indígenas. A maioria das infeções foi registrada na Amazônia, onde está localizada a maioria das comunidades isoladas. Mas também há casos no Sul, Centro-Oeste e Nordeste. (15/05)
Cronologia da covid-19 no Brasil Nelson Teich pede demissão do Ministério da SaúdeMenos de um mês após ter assumido o cargo, Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde. Ele afirma que a saída foi decisão dele, sem dar detalhes sobre os motivos. “A vida é feita de escolhas. E hoje eu escolhi sair”, destaca. Ele e Bolsonaro vinham discordando sobre medidas na gestão da epidemia. O general Eduardo Pazuello assume o cargo interinamente. (15/05)
Cronologia da covid-19 no Brasil Sem base científica, governo amplia uso da cloroquinaO Ministério da Saúde divulga um novo protocolo sobre o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para o tratamento de pacientes com covid-19, permitindo que os medicamentos sejam administrados também em casos leves da doença. A mudança do protocolo foi feita a pedido de Bolsonaro, apesar de não haver comprovação científica da eficácia do medicamento em pacientes com covid-19. (20/05)
Cronologia da covid-19 no Brasil Brasil ultrapassa Itália e é terceiro país com mais mortes por covid-19Exatos cem dias após o primeiro caso registrado, o Brasil ultrapassa a Itália e se torna o terceiro país com mais mortes pela covid-19. O país contabiliza 34.021 mortes e fica atrás apenas dos EUA (108.211) e do Reino Unido (39.987). (04/06)
Cronologia da covid-19 no Brasil Brasil amplia orientações de uso da cloroquina contra a covid-19O Ministério da Saúde informa que vai ampliar as recomendações de uso da cloroquina e de sua derivada hidroxicloroquina no tratamento da covid-19, passando a orientar a aplicação precoce das drogas em crianças e grávidas diagnosticadas com a doença. O anúncio ocorre no mesmo dia em que os EUA revogam seu uso emergencial no tratamento da covid-19. (15/06)
Cronologia da covid-19 no Brasil Casos de covid-19 passam de 1 milhão no BrasilO Brasil supera a marca de 1 milhão de casos confirmados de covid-19, após registrar um recorde de 54.771 novas infecções pelo novo coronavírus em apenas 24 horas. Menos de quatro meses após a confirmação do primeiro caso, o país soma 1.032.913 ocorrências da doença e é o segundo do mundo com mais casos e mortes, atrás apenas dos EUA. (19/06)
Cronologia da covid-19 no Brasil Vacina de Oxford contra covid-19 começa a ser testada no BrasilO Brasil é o primeiro país fora do Reino Unido a iniciar testes de uma vacina desenvolvida pela universidade britânica. O projeto financiado pela Fundação Lemann contará com 2 mil voluntários em São Paulo e outros mil no Rio. A vacina está atualmente na fase 3 de testes. Um dos motivos que levaram à escolha do Brasil foi o fato de a epidemia estar em ascensão no país. (22/06)
Cronologia da covid-19 no Brasil Juiz manda Bolsonaro usar máscara em públicoO juiz Renato Coelho Borelli, da 9ª Vara Federal Cível de Brasília, impõe ao presidente Jair Bolsonaro o uso obrigatório de máscara em espaços públicos e estabelecimentos comerciais, como medida de proteção contra o novo coronavírus. Em caso de descumprimento, o magistrado fixou um multa diária de R$ 2 mil. (22/06)
Cronologia da covid-19 no Brasil UE estende proibição à entrada de viajantes do BrasilLista elaborada por Bruxelas recomenda que Estados-membros reabram suas fronteiras para viajantes de 15 países a partir de 1º de julho. Brasil, EUA e Rússia ficam de fora devido ao alto número de casos de covid-19. (30/06)
Cronologia da covid-19 no Brasil Bolsonaro diz estar com covid-19O presidente Jair Bolsonaro afirmou que teve resultado positivo em um exame para detectar a covid-19. Ao anunciar o resultado, em entrevista em frente ao Palácio da Alvorada, ele aproveitou a ocasião para mais uma vez reclamar das medidas de isolamento impostas por prefeitos e governadores. Bolsonaro também disse estar se tratando com hidroxicloroquina. (07/07)
Cronologia da covid-19 no Brasil Mortes por covid-19 no Brasil passam de 75 milCerca de quatro meses e meio após a confirmação do primeiro caso de covid-19 no Brasil, o total de óbitos em decorrência da doença no país passou de 75 mil. Autoridades e instituições de saúde em todo o país, no entanto, alertam que os números reais da doença devem ser maiores em razão da falta de testes em larga escala e da subnotificação. (15/07)
Cronologia da covid-19 no Brasil Casos de covid-19 passam de 2 milhões no BrasilMenos de um mês depois de o país ter atingido o número de 1 milhão de infectados, em 19 de junho, o Brasil ultrapassou a marca de 2 milhões de casos oficialmente notificados de covid-19. O número de casos identificados da doença dobrou em menos de um mês. (16/07)
Cronologia da covid-19 no Brasil Brasil: 100 mil mortos por covid-19Menos de seis meses após a identificação do primeiro caso de covid-19 no Brasil, o país cruzou a marca de 100 mil mortes pela doença. O número de casos chegou a 3 milhões. Mesmo num ritmo de mil mortes por dia, o governo do país segue defendendo a flexibilização do isolamento e minimizando os impactos do vírus. (08/08)
Cronologia da covid-19 no Brasil Mais uma empresa alemã pretende testar vacina contra covid-19 no BrasilCureVac, de Tübingen, pretende começar testes em voluntários brasileiros em setembro ou outubro. Em parceria com a Pfizer, a também alemã BioNTech iniciou testes no Brasil na semana passada. (11/08)
Cronologia da covid-19 no Brasil Brasil autoriza testes de mais uma vacina contra covid-19Anvisa dá aval para estudos clínicos de fase 3 do imunizante desenvolvido pela Janssen, farmacêutica da Johnson & Johnson, com 7 mil voluntários participando dos testes. É a quarta vacina a obter autorização no país. (18/08)
Cronologia da covid-19 no Brasil Saldo do coronavírus após seis meses no BrasilSomada à falta de testes e à desigualdade social, resposta de Bolsonaro à covid-19 contribuiu para que o país virasse o segundo do mundo com mais óbitos devido à pandemia, atrás dos EUA. Seis meses após primeiro caso confirmado no Brasil, país acumula mais de 3,6 milhões de infecções e 116 mil mortes por covid-19, números que devem ser maiores devido à falta de testes e à subnotificação. (26/08)

Fonte: DW Brasil

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra