fbpx
O maior canal de informação do setor

Quase 80% dos brasileiros ampliaram automedicação na pandemia

AUTOMEDICAÇÃO NA PANDEMIA

Um novo estudo do Conselho Federal de Farmácia (CFF) apontou que 77% dos brasileiros que já ingeriam medicamentos por conta própria ampliaram o nível de automedicação na pandemia. O número reforça a importância que as farmácias brasileiras podem e devem assumir em prol da valorização do autocuidado.

Desses 77%, quase metade (47%) afirmou que se automedica pelo menos uma vez por mês e 25% adotam essa postura diariamente ou pelo menos uma vez por semana.

“O consumo de medicamentos sem a devida orientação de um farmacêutico habilitado pode mascarar o diagnóstico correto, atrasando o tratamento adequado. Além disso, quem abusa da automedicação pode sofrer com reações adversas e agravamento da doença”, explica a farmacêutica Valeska Ribeiro.

Riscos da automedicação na pandemia

Dados do Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas apontam que a maioria dos casos de intoxicação registrados no Brasil é proveniente de medicamentos. Antitérmicos, relaxantes musculares e medicamentos que atuam no sistema nervoso central estão entre os mais usados indevidamente.

“Com a justificativa de melhorar a imunidade, muitas pessoas recorreram ao uso indiscriminado da vitamina C, zinco, ferro, dentro outros complexos vitamínicos. Entretanto, o uso aleatório não traz benefícios e pode causar a hipervitaminose, uma intoxicação causada pelo excesso de vitamina no organismo”, explica a especialista.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra