O maior canal de informação do setor

CFF trabalha em manual prático e curso sobre logística de medicamentos

155

Conselho Federal de Farmácia (CFF) está adotando uma série de medidas para estimular a atuação do farmacêutico na área de logística de medicamentos. As iniciativas foram apresentadas na manhã desta sexta-feira, 29/10, durante a 510 Reunião Plenária do conselho, em São Paulo, pela integrante do Grupo de Trabalho sobre Logística de Medicamentos do conselho e especialista na área, a farmacêutica Sonja Helena. Ela informou que o GT concluirá no primeiro semestre do próximo ano um guia prático para os farmacêuticos que atuam ou desejam atuar na área e trabalha também na proposta pedagógica de um curso de capacitação.

A responsabilidade técnica do farmacêutico na logística de medicamentos é obrigatória, conforme a legislação vigente. Porém, existem lacunas no marco legal que podem ser corrigidas com uma legislação federal, demonstrando a importância do farmacêutico em toda a cadeia logística do medicamento. Acatando proposta da conselheira federal pelo estado de Santa Catarina, Hortencia Tierling, o CFF vai trabalhar, no início do ano, na articulação pela apresentação de um projeto de lei sobre o tema na Câmara dos Deputados.

Manual e curso

Sonja Helena destacou que a proposta do GT sobre Logística de Medicamentos é elaborar um guia prático capaz de ofertar aos farmacêuticos os conhecimentos adicionais à sua formação. ‘A proposta do guia é contemplar o passo a passo de regularização dessas empresas a partir das três principais funções do farmacêutico RT, que são a regulatória, a da gestão da qualidade dos produtos e a operacional.’

A outra frente de trabalho do GT é propor um programa de capacitação on-line para farmacêuticos de todo o Brasil. ‘Queremos alcançar farmacêuticos que já estão em atividade na logística de medicamentos e também aqueles que pretendem começar a atuar’, destacou a farmacêutica. O curso será ofertado de forma on-line, por meio da plataforma de ensino virtual edu.farma. A meta é contemplar pelo menos 5 mil profissionais em todo o país.

Fonte: Pfarma

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/venancio-dobra-oferta-de-salas-clinicas-em-dois-anos/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação