O maior canal de informação do setor

Democracia, alta de preços e compra de vacinas pautaram reunião de governadores com presidente do Senado

205

Governadores – União nacional pela democracia, renovação dos contratos com as empresas produtoras de vacinas contra covid e alta dos preços foram os destaques, segundo o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, da reunião dos chefes de executivos estaduais com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). O governador do DF é o coordenador do Fórum Nacional de Governadores. Além de Ibaneis participaram o encontro os chefes dos executivos do Pará, Helder Barbalho (MDB), do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) e do Piauí, Wellington Dias (PT).

O titular do Buriti voltou a lembrar que a solução para os principais problemas do país passa pela união dos poderes. ‘Nós governadores expressamos na última reunião a preocupação com o esgarçamento das relações entre os poderes, isso é unânime, independente da coloração partidária dos governadores do grupo. Existe unanimidade no sentido de que temos que caminhar juntos pela democracia. Esta foi uma pauta da última reunião, reafirmada hoje aqui na presença do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para que possamos distensionar o país, temos hoje um reflexo muito ruim, tanto na economia quanto no encarecimento dos preços. Buscamos agora dissipar esse ambiente, trazendo para dar serenidade à política, o estado democrático de direito’.

Com relação a vacinas, Ibaneis lembrou: ”vários contratos vencem agora no mês de setembro e nos preocupa muito. Nós queremos evitar uma corrida de estados municípios atrás de vacinas. Vamos levar essa preocupação via Senado Federal ao ministro da Saúde, para que a gente tenha a renovação dos contratos pelo PNI, para que a população brasileira seja vacinada até o final deste ano’, disse o governador Ibaneis, referindo-se ao término dos contratos com produtores para aquisição de vacinas.

‘Com relação ao Plano Nacional de Imunização, que a gente não tenha um salve-se quem puder. A ideia é apoiar a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que já está produzindo IFA, cobrar agilidade da Anvisa com relação ao Butantã, que já tem vacina produzida no Brasil. Tudo para que possamos até o final do ano vacinar toda a população’, disse o governador do Piauí, Wellington Dias.

Pauta econômica

Ibaneis disse, ainda, que o aumento do gás de cozinha, da energia elétrica e dos combustíveis também foram temas discutidos na reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. ‘É preciso buscar uma solução para esses aumentos, porque quem mais sofre são os mais carentes’, destacou. Entre assuntos econômicos que foram debatidos na reunião de quase duas horas, o governador do DF enumerou a reforma do imposto de renda e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios. ‘Descemos amiúde vários a vários temas que são de interesse dos estados.

Ibaneis enfatizou que também foi solicitado encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), para tratar das pautas de interesse dos estados, que tramitam na Casa. ‘Pretendemos, ainda, nos encontrar com o presidente da República para mostrar esse espírito de unidade existente entre os governadores’, adiantou Ibaneis. O governador do DF disse que os governadores também solicitaram uma reunião com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux.

Fonte: Jornal de Brasília

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/distribuidora-gmill-aposta-em-marketplace-para-farmacias-regionais/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação