O maior canal de informação do setor

Deputados criticam falta de insumos na rede pública de saúde

161

Insumos – Problemas relacionados à gestão da saúde pública do Distrito Federal voltaram a ser discutidos na sessão da Câmara Legislativa nesta quarta-feira (3). Desta vez, o tema foi levado ao plenário pela deputada Júlia Lucy (Novo), que apresentou a situação de um jovem que sofreu um acidente de moto e aguarda cirurgia no Hospital de Base, administrado pelo Iges-DF. Segundo informou a distrital, o Instituto autorizou a operação, desde que os familiares comprem um determinado parafuso necessário.

‘Apesar dos milhões encaminhados para o Iges-DF, falta um parafuso para realizar uma cirurgia numa pessoa jovem. Colocar uma família nessa situação é humilhante’, lamentou Lucy. A parlamentar ainda apontou que casos de falta de insumos acontecem em vários outros centros de atendimento. ‘Qual é a mulher que chega a uma UBS e tem acesso ao DIU?’, exemplificou.

O deputado Jorge Vianna (Podemos) concordou com a colega: ‘Quantos pacientes estão precisando de algum medicamento ou material que devem usar no hospital?’. O distrital elencou alguns itens que costumam faltar: fita de glicemia, bolsa de colostomia, fralda geriátrica e seringa de insulina. ‘Por falta de insumos, muitos acabam parando numa UTI, que é mais custosa. E temos legislações que garantem remédios e insumos para todos’, prosseguiu.

Vianna aproveitou para cobrar a regulamentação da Lei nº 6.379/19, chamada de ‘Remédio para Todos’. A norma permite que os usuários do SUS retirem medicamentos e insumos em farmácias privadas, caso estejam em falta na rede pública de saúde.

Fonte: Câmara Legislativa Distrito Federal

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/fce-pharma-volta-apos-dois-anos-e-com-agenda-renovada/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação