O maior canal de informação do setor

Especialista decreta o fim da era do estoque nas farmácias

2.511

Especialista decreta o fim da era do estoque nas farmáciasUm seminário da consultoria Falconi na última semana marcou o início da retomada dos eventos presenciais do setor e reuniu, em São Paulo (SP), um seleto grupo de 40 gestores e líderes do varejo e do atacado farmacêuticos. E os debates não poderiam ser mais simbólicos ao retratarem as muitas barreiras que ainda separam as farmácias da transformação digital.

O Panorama Farmacêutico acompanhou com exclusividade o evento, cuja abertura contou com as provocações de Guga Stocco, especialista em inovação e membro do board da Falconi e do Banco Original. “Mais de 90% dos dados no mundo foram processados nos últimos dois anos e vamos evoluir 30 décadas em uma com o fim da Covid-19 ou o controle da pandemia. Para o setor farmacêutico, é acompanhar esse movimento ou estagnar”, adverte.

Especialista decreta o fim da era do estoque nas farmácias

Stocco enxerga como inevitável a escolha do varejo farmacêutico por dois modelos. “Não há meio termo. Ou as farmácias passam a atuar como uma dark store ou reestruturam por completo a loja para ter uma experiência realmente digital, com robôs e dispositivos de telessaúde. Acabou a era do estoque sob demanda. A vitrine precisa ser infinita e exige um novo olhar sobre o negócio”, acredita.

 

O consultor utiliza exemplos da Amazon para apontar caminhos. Recentemente, a gigante do varejo seguiu dois movimentos importantes no setor de health care, com um programa de assinatura para idosos e um robô doméstico móvel para monitorar as condições clínicas e o uso de medicamentos por esse público. “Não podemos duvidar de que o próximo passo seja levar a farmácia para a casa do consumidor”, acredita.

Mundo ideal x mundo real

Participantes do segundo painel, Fernando Varela, VP digital da Raia Drogasil (RD); e Vinícius Porto, diretor de consumer experience da Magalu, levaram as reflexões para o mundo real das lojas físicas. “O PDV farmacêutico deve ser visto cada vez mais como um minicentro de distribuição, de modo a reduzir o custo de entrega, e um hub de serviços”, observa Varela. Com foco em uma nova farmácia, a RD aposta fichas nas conexões com startups para propiciar novas soluções de assistência farmacêutica aos seus 22 milhões de clientes.

E como levar inovação para municípios com menos de 300 mil habitantes, que concentram 83% dos PDVs da Magalu? Para Porto, a saída está na conciliação entre tecnologia e fator humano. “A simples incorporação de um banco ao nosso ecossistema já significa uma transformação digital relevante nessas praças. Inovação não precisa ser algo rebuscado”, entende.

Arrumando a casa com a tecnologia

Enquanto isso, players do varejo farmacêutico regional, literalmente, olham para dentro e investem na tecnologia para diminuir atritos nos processos e aprofundar o conhecimento do cliente. É o caso da Farmácia Permanente, que utiliza desde setembro do ano passado o produto digital Spot. Com uso de inteligência artificial, a ferramenta da Falconi possibilita a resolução de dores como a manutenção do estoque adequado, precificação e escolha certa do mix.

“Ela pode monitorar em tempo integral a performance de um grupo de produtos na loja. Plugado nos próprios sistemas das redes, o algoritmo envia uma notificação para o celular do responsável da área, com sugestões de ações simples e fáceis de executar”, ressalta Rodrigo Zanzoni, especialista da consultoria no canal farma.

A implementação do sistema foi efetivada como um projeto-piloto em janeiro, envolvendo duas lojas em Alagoas. Os resultados estimularam a rede a estender a solução para mais nove unidades, incluindo os estados da Paraíba e de Pernambuco. A expectativa é levar a plataforma para as mais de 115 unidades da Permanente, presente também na Bahia.

O que pensam os líderes do canal farma?

“Falar em transformação digital representa uma provocação positiva para o setor. A tecnologia já colocou a expectativa do consumidor em um patamar muito elevado e as farmácias precisam abraçar essa jornada, que envolve desde o mindset da alta gestão até o gerenciamento dos times de loja”

André Giffoni, diretor de experiência digital da Drogaria Araujo

“A tecnologia traz grandes insights para estreitarmos relações com o consumidor. Mas o desafio ainda passa pela conexão dos sistemas e processos das farmácias com seus fornecedores, de modo a reduzir atritos que acelerem a digitalização”

Fernando Ferreira, diretor comercial, de marketing e consumer experience do Grupo Tapajós

“O que podemos fazer para que a farmácia seja realmente relevante para os clientes? A tecnologia fornece ensinamentos enriquecedores capazes de nos auxiliar nessa tarefa desafiadora. Mas a julgar pelo avanço do setor em função da pandemia, acredito que estamos na rota certa”

Ricardo Silveira, gerente de marketing da Farma Ponte

“Devemos levar em conta que as tendências de mercados desenvolvidos ainda são difíceis de se assimilar no nosso país, ainda marcado pelas profundas diferenças de acesso à tecnologia em cada região”

Leandro Almeida, gerente de operações da Farmácia Permanente

“O canal farma teve de evoluir a uma velocidade absurda nos últimos dois anos, impactando também nosso setor de distribuição. Redes e atacadistas precisam se transformar em verdadeiras empresas de TI e análise de dados para sobreviver nessa jornada”

Rogério Ferreira, diretor comercial da Dislab

“Imagine um balconista ou farmacêutico atendendo um cliente e já conhecendo todos os seus hábitos e preferências? Um banco de dados somado a uma inteligência de negócios pode fazer a diferença para as redes regionais”

Antônio Carlos Ferreira, diretor de operações da Soma Drogarias

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/nova-lei-de-licitacoes-traz-mais-insercao-de-venda-a-varejistas/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação