Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Farmacêuticos ganham guia inédito sobre PrEP e PEP

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

farmacêuticos

Os farmacêuticos brasileiros ganham um guia inédito para dispensação das profilaxias pré exposição (PrEP) e pós exposição (PEP) ao vírus HIV.

A iniciativa partiu do Conselho Federal de Farmácia (CFF), por meio do Grupo de Trabalho sobre Cuidado Farmacêutico à População LGBTQIAPN+, e engloba dois manuais.

“Quero registrar algo que é histórico: a primeira vez que o farmacêutico e a farmacêutica prescreveram um medicamento tarjado foi um medicamento que primeiro começou para profissionais do sexo, travestis, mulheres e homens transexuais, para homens gays e para muitos que são considerados a escória da sociedade”, celebrou Alícia Kruger, coordenadora do Grupo, durante o lançamento do guia nesta terça-feira (dia 19).

O evento teve a presença da analista de políticas sociais do Ministério da Saúde, Tatianna Alencar, representando o coordenador do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, Draurio Barreira.

Guia para farmacêuticos vai ao encontro de números alarmantes

Os farmacêuticos, por meio desses guias, tendem a ampliar sua relevância na atenção primária a pacientes dispostos a utilizar os métodos. E os números confirmam.

De acordo com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/aids (UNAIDS), cerca de 4 mil novas pessoas se infectam com o vírus por dia. Só no ano de 2021, 650 mil pessoas morreram por causas relacionadas à Aids. No Brasil, foram quase 41 mil novos casos de HIV e 35 mil de Aids, com cerca de 20 pessoas morrendo por dia no País por causas relacionadas.

“Naturalmente, nosso entendimento era o de traçar estratégias junto ao GT, para que pudéssemos ajudar a minimizar essa questão no país. Dentro dessas estratégias, nada melhor do que o uso das profilaxias pré exposição (PrEP) e pós exposição (PEP) ao vírus HIV”, pontuou o presidente do CFF, Walter Jorge João.

“Reconhecer o papel do farmacêutico como prescritor dessas profilaxias já representou um avanço significativo para a nossa profissão. Nós tivemos a necessária sabedoria para conquistar esse espaço e o assegurar como um direito aos farmacêuticos”, completou.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!