Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Faturamento da Febrafar volta a superar R$ 25 bilhões

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

faturamento da Febrafar
Divulgação: Febrafar

O faturamento da Febrafar volta a superar a casa dos R$ 25 bilhões. É o que apontam os indicadores da IQVIA dos últimos 12 meses até fevereiro.

O montante representa 13,7% do varejo farmacêutico nacional.  “O associativismo praticado pela Febrafar possibilita o acesso a ferramentas inovadoras para o crescimento dos negócios. Hoje, analisando todos os players do mercado, o associativismo é o único que cresce constantemente em market share nos últimos cinco anos”, ressalta o presidente Edison Tamascia.

E o faturamento da Febrafar tende a ganhar ainda mais fôlego com o ingresso de três novos associados. São elas a Rede Usifarma, com 260 PDVs e base em Santa Catarina; a Drogaria Poupaqui, que reúne 71 farmácias e tem sede em São José do Rio Preto (SP); e a Drogarias Ótima Farma, com 31 lojas e oriunda de Betim (MG).

Hoje, a entidade já agrega 66 redes, que somam 14.344 lojas em 26 estados e no Distrito Federal. O grupo também atingiu a marca de 150 parceiros comerciais, sendo 86 indústrias, 40 distribuidores e 24 prestadores de serviços.

Faturamento da Febrafar tem digitalização como motor

O faturamento da Febrafar tem a digitalização como um dos motores, além da própria expansão orgânica. A entidade disponibiliza atualmente 15 ferramentas tecnológicas que dão suporte às rotinas e à gestão das empresas em três verticais – administração, compras e vendas.

Os indicadores traduzem o sucesso dessa proposta. O PEC – Programa de Estratégias Competitivas concentra uma base de 48 milhões de consumidores, quase 1/4 da população. “Só nos últimos 90 dias, esse programa de fidelidade proporcionou um faturamento de R$ 1,9 bilhão e registrou transações envolvendo 7,9 milhões de CPFs”, enfatiza Tamascia.

O PEC é impulsionado ainda por novos ecossistemas digitais como o de e-delivery. Além disso, a entidade desenvolveu um Programa de Apoio ao Paciente para acelerar a incursão do associativismo nos serviços clínicos. “Também está em fase de testes um sistema para atrair consumidores desengajados, a partir da adoção de vale-compras e um modelo de cashback. Com esse suporte, oferecemos às farmácias mais de 40 recursos de business intelligence que propiciam uma visão 360º do cliente e da jornada de compra”, observa.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress