Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Fórum da Farma Ventures supera expectativas

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Farma Ventures
Divulgação: Canva

A adesão ao fórum da Farma Ventures sobre inovação no setor farmacêutico superou as expectativas da venture builder. A 2ª edição do Retail Pharma Summit, gratuita e em formato online, deve mobilizar em torno de 480 profissionais e formadores de opinião nesta quinta e sexta-feira, dias 30 e 31 de março.

O fórum é uma realização da Farma Ventures e do Panorama Farmácêutico, com o apoio das redes Drogal e Indiana e da FCJ Venture Builder.

Foi necessário abrir um segundo lote de inscrições, tamanho o interesse por debater novos modelos de gestão para as farmácias e os atores da cadeia farmacêutica. O encontro prevê mais de 13 horas de conteúdo com a participação de 35 painelistas, que abordarão temáticas relacionadas à liderança, novos modelos logísticos, jornada de compra, marketing, comunicação e inteligência de dados.

“Queremos ilustrar como o canal farma está se posicionando frente a um ambiente de inovações tão profundo quanto volátil. E as discussões sobre essa agenda passam pela integração entre todos os atores, incluindo grandes farmácias como Drogal e Indiana, startups, fabricantes, laboratórios, distribuidoras, provedores de serviços e acadêmicos. Esperamos inclusive atrair a atenção do público universitário”, analisa Giovanni Oliveira, CEO da Farma Ventures.

Farma Ventures avalia novo perfil de clientes e lideranças

Na programação do primeiro dia, a Farma Ventures lança reflexões sobre um novo perfil de liderança e os desafios do ecossistema farmacêutico para gerir pessoas e reter talentos. Os palestrantes convidados são Ana Carolina Rezende, gerente da consultoria de RH Robert Walters; e Newton Velloso, proprietário da plataforma AboutMe, parceira do Panorama Farmacêutico dedicada a conectar profissionais e laboratórios por meio de um banco de vagas exclusivo para o setor.

A segunda palestra estimula a relevância das provas de conceito (POCs) como ferramentas para aferir a aderência de novos softwares e tecnologias, tendo a participação de algumas das startups que integram o ecossistema da Farma Ventures. Em apenas três anos de operações da venture builder, essas jovens empresas nascidas nessa período já somam R$ 65 milhões em valor de mercado.

Novos líderes e tecnologias acompanham a transformação na jornada de consumo, tema que permeia o terceiro e último debate da manhã do dia 30, com as presenças dos consultores Adriano Schinetz, da Gestao Farma; e Olegário Araújo, da intelligência360 e Fundação Getulio Vargas.

A tarde será dedicada a workshops especiais conduzidos pela equipe da Farma Ventures, que abordará modelos de inovação e o futuro dos negócios com a open IA.

Uma nova farmácia, da logística ao marketing

O segundo dia reforça o futuro da farmácia em todas as suas verticais, a começar pela estruturação dos hubs de saúde e atenção primária. Fernando Marques, CEO da health tech GESmed; e Jauri Siqueirahead de serviços da ClinicarRx, conduzem o seminário.

“Ao mesmo tempo em que a pandemia ampliou o protagonismo do mercado farmacêutico, expôs também gargalos na operação. Por isso, estamos unindo inovação e tradição nos debates”, destaca Giovanni Oliveira, justificando a realização do seminário específico sobre logística. O painel terá André Durãohead de supply chain da Profarma, uma das líderes na distribuição de medicamentos no país; e a startup Diamond Biger, especializada na gestão de estoques com uso de internet das coisas e inteligência artificial.

O poder da comunicação e do marketing como gatilhos para a inovação também integram a agenda do último dia, em uma palestra com Leandro Luize, editor do Panorama Farmacêutico. Na sequência, as reflexões giram em torno do aproveitamento dos dados, tendo a participação de Gustavo Ioschpe, CEO da Big Data; e Vinícius Pantoja, CTO da Proffer, startup especialista em precificação.

Os workshops da tarde de sexta-feira realçam o advento da telefarmácia, em painel liderado por Chao Wen, presidente da Associação Brasileira de Telemedicina e líder do grupo de pesquisas da USP sobre o tema. O encerramento fica a cargo de Jacqueline Glat, da SimilarWeb, que aborda o engajamento digital como rota para atrair novos consumidores e projetar as marcas.

“Muito além de um ecossistema de startups, procuramos nos posicionar como uma fonte de discussões relevantes sobre o futuro da operação farmacêutica, abrangendo as mais diferentes dores e oportunidades que permeiam o atual momento do setor”, conclui Oliveira.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!