O maior canal de informação do setor

Governo rescinde contrato com Bharat Biotech fabricante da vacina Covaxin

275

Bharat Biotech – O Governo federal rescindiu de maneira unilateral o contrato com a empresa Bharat Biotech, responsável pela vacina contra a Covid-19 Covaxin. No mês de julho o governo já havia anunciado o cancelamento do contrato, motivado pelos indícios de irregularidades envolvendo as tratativas entre o Ministério da Saúde e empresa que intermediou o contrato, a Precisa Medicamentos. Mas, na ocasião, o governo declarou que ia negociar a rescisão. E agora a decisão foi tomada unilateralmente.

A Covaxin foi a vacina mais custosa que o governo negociou. As negociações chamaram a atenção da CPI da Covid no Senado, da Polícia Federal (PF), do Ministério Público Federal (MPF) e do Tribunal de Contas da União (TCU).

No mês de julho, foi suspensa pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a autorização para a importação do imunizante.

Vitória

A razão que levou à decisão foi por que a Bharat informou que a Precisa Medicamentos não possuía autorização para representar a empresa da Índia no Brasil. Ao blog do jornalista Valdo Cruz no site G1, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o vice-presidente da CPI da Covid, comemorou a decisão do governo, ele disse se tratar de mais uma vitória da Comissão Parlamentar de Inquérito que está investigando as operações de venda do imunizante indiano, que possuía intermediários que estavam associados a pessoas do governo federal, apesar da rescisão do contrato, as investigações não irão parar, comunicou o senador.

O servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda quando foi ouvido pela CPI da Covid, afirmou que sofreu pressão fora do comum para que a vacina fosse adquirida pelo governo federal. Na época o Ministério da Saúde era comandado pelo general Eduardo Pazuello.

Ciúme

Luis Ricardo Miranda e seu irmão, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) prestaram depoimento à CPI da Covid e revelaram o escândalo da Covaxin.

Randolfe Rodrigues também disse em seu Twitter que a comissão foi responsável por impedir ‘um golpe de mais de 1 bilhão de reais’, o contrato estava avaliado em R$ 1,6 bilhão.

O tuíte do parlamentar causou a reação do deputado Luis Miranda. O parlamentar, também pela rede social do pássaro azul, perguntou se o fato foi somente graças à CPI.

‘Já esqueceram dos irmãos Miranda?’, perguntou o parlamentar. Após a publicação do deputado, o senador respondeu e deu razão a Miranda, Randolfe declarou que os irmãos Miranda ajudaram a CPI da Covid a alcançar a vitória. No que Luis Miranda respondeu: ‘Juntos Somos Mais Fortes’ e quando o assunto é a luta por um país melhor, é preciso união e que ideologias políticas devem ser colocadas de lado, discursou o parlamentar do DEM.

Fonte: Blasting News Brasil

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/visiott-preve-crescer-no-brasil-com-rastreabilidade-de-medicamentos/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação