O maior canal de informação do setor

Preço foi o fator de crescimento do varejo farmacêutico

321

Preço foi o fator de crescimento do varejo farmacêutico

A  Close-Up International apresentou dados inéditos do mercado farmacêutico no Brasil no primeiro dia do Outlook 2021, nesta quarta-feira, 6 de outubro.  O varejo farmacêutico contabilizou uma cifra de R$ 105 bilhões em valores de compra da farmácia e R$ 153 bilhões em preço ao consumidor, no período de agosto de 2020 a agosto de 2021.

Em termos de performance, o crescimento do mercado foi de 4,9% em unidades, 15,7% em R$ com desconto e 11,6% em preço ao consumidor. “Percebemos uma redução do desconto na venda para as farmácias. Já na parte de preço ao consumidor, observa-se que não foi possível transferir tudo isso para o consumidor em virtude de questões de renda ou de perda de oportunidade. Uma dinâmica, hoje, bem presente em função da inflação e dificuldades econômicas que o país atravessa”, ressalta Paulo Paiva, vice-presidente Latam da Close-Up.

No MAT agosto de 2021, o crescimento do mercado em unidades foi de 4,9%. Já no mês de agosto deste ano foi de 5,45%, registrando uma tendência de retomada. No quesito preço de compra, o crescimento vinha no MAT 08/21 em 15,6% e no mês de agosto já foi de 17,3%. “Seguindo essa linha, observamos uma incorporação de redução de descontos na compra da farmácia”, explica.

Unidades

MAT 8/21 4,9%
YTD 3,6%
Mês 8/21 5,45%

 

R$ Desconto

MAT 8/21 15,6%
YTD 16,4%
Mês 8/21 17,3%

 

R$ Consumidor

MAT 8/21 11,5%
YTD 11,1%
Mês 8/21 8,6%

 

Em preço ao consumidor, observa-se uma queda, aumentando o desconto na venda ao consumidor, que sai de 11,5% no MAT 08/21, para 11,1% no acumulado do ano, de janeiro a agosto de 2021 e 8,6% no mês de agosto, o que demonstra também algumas mudanças no mercado.  “Temos uma recuperação em unidades, o que significa um maior volume de produtos girando o que vai, com certeza, impactar outros itens”, afirma o executivo.

Elementos de crescimento

Elementos de crescimento Total MPX Não medicamentos MIP
Lançamentos 3% 1,9% 5,6% 1,9%
Preço 9,5% 9,9% 8,6% 9,3%
Volume 3% 3% 4,8% -0,4%
Mix 0,3% 0,3% 0,4% 0%
Total 15,7% 15,2% 19,3% 10,7%

 

O executivo alerta para o fato que do ponto de vista de elementos de crescimento, o preço é uma situação de altíssimo impacto em todos os tipos de mercado. Volume foi razoavelmente relevante em não medicamentos (4,8%) e de menor relevância em prescrição (3%) e negativo (-0,4%) em medicamentos isentos de prescrição (MIPs) ainda reflexo da venda de inverno que não apresentou uma retomada como era em 2019.

“Tanto nos medicamentos de prescrição (9,9%), em não medicamentos (8,6%) e nos MIPs (9,3%), o preço foi o fator  líder de crescimento no mercado total do varejo brasileiro”, finaliza.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/farmacia-regional-puxara-avanco-dos-programas-de-fidelidade/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação