O maior canal de informação do setor

Farmácias têm queda na venda de anticoncepcionais

471

Segundo dados da IQVIA, 73,6 milhões de anticoncepcionais foram vendidos no varejo farmacêutico no primeiro semestre de 2021, o que

Segundo dados da IQVIA, 73,6 milhões de anticoncepcionais foram vendidos no varejo farmacêutico no primeiro semestre de 2021, o que aponta uma queda de 5 milhões de unidades em comparação com o semestre anterior. A informação é da Folha de S.Paulo.

Veja também: Caminhoneiros prometem greve nacional se governo não atender pedidos

A consultoria também aponta uma redução na comercialização dos anticoncepcionais em comparação com o primeiro semestre de 2020, quando foram vendidas 77,4 milhões de unidades.

Siga nosso Instagram

O que motivou a queda na venda dos anticoncepcionais?

Para a InterPlayers, alguns motores para a queda na compra de anticoncepcionais foram o aumento nos preços e também o desemprego, que diminuiu ou zerou a renda do consumidor.

Nas pequenas e médias farmácias, o preço subiu 12% entre janeiro e agosto, segundo a intermediadora. No acumulado de 12 meses, esse percentual chega a ser ainda maior, na casa de 19%. O resultado supera também o IPCA, índice oficial da inflação no Brasil, para o mesmo período – que foi de 10,25%.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação