O maior canal de informação do setor

Raia Drogasil suspende biometria digital após polêmica

1.654

Raia Drogasil suspende biometria digital após polêmica

A Raia Drogasil decidiu suspender a coleta da impressão digital de clientes, depois das polêmicas que cercaram o tema e das notificações de órgãos como Instituto de Defesa do Consumidor (Idec)Procon-SP.

A rede adotava essa prática para cadastro dos clientes em programas de relacionamento e para a oferta de descontos. Em comunicado, a empresa reiterou que a identificação biométrica voluntária era usada garantir praticidade e segurança aos consumidores e estava em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A rede ainda argumenta que a coleta ajuda a registrar preferências do consumidor e identifica quem tem cartão de benefícios da farmácia, mas não é uma condicionante para obter descontos em produtos. O cliente não é obrigado a fornecer o dado e pode escolher outras formas de se identificar.

Posicionamento oficial da rede

A Raia Drogasil emitiu a seguinte nota oficial para esclarecer o episódio:

  1. O Procon/MT alega que algumas farmácias em Cuiabá não teriam prestado informações adequadas aos clientes referentes à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).
  1. Somos uma empresa centenária que cumpre integralmente a legislação em todo o país, portanto, discordamos veementemente da autuação de que teríamos descumprido a LGPD no Estado do Mato Grosso.
  1. Orientamos todos os nossos funcionários a informar adequadamente os clientes sobre a captura de consentimento, cuja forma pode ser livremente escolhida pelo cliente dentre as opções ofertadas (SMS, assinatura em formulário próprio, etc).
  1. Ressaltamos também que todas as informações coletadas são utilizadas em benefício do próprio cliente, como é o caso das promoções personalizadas em categorias relevantes para cada cliente.
  1. A Drogasil e as demais empresas do seu grupo econômico não comercializam em nenhuma hipótese informações pessoais de seus clientes com terceiros. Adotamos também procedimentos rigorosos para garantir a segurança das informações e para assegurar a privacidade dos nossos clientes.

A Drogasil reitera, portanto, que age com total transparência junto aos seus clientes em relação às práticas relativas à LGPD, o que é demonstrado, inclusive, pelo vasto material apresentado na autuação do Procon, razão pela qual se defenderá para comprovar sua boa-fé e o estrito cumprimento da legislação.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/startups-levam-tecnologia-para-farmacias-com-apoio-da-farma-ventures/

 

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação