Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Reclame Aqui analisa atual reputação do e-commerce de farmácias

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Reclame Aqui analisa atual reputação do e-commerce de farmácias

Categoria que somou mais de 7.500 reclamações na plataforma Reclame Aqui  nos últimos seis meses, o e-commerce de farmácias cresceu 52,2% nos últimos 12 meses até setembro, segundo dados da IQVIA. A movimentação via comércio eletrônico alcançou R$ 6,54 bilhões entre outubro de 2021 e setembro deste ano, contra R$ 4,30 bi dos 12 meses anteriores.

E quando o consumidor pesquisa por uma empresa na plataforma, uma das informações que mais chama a atenção é a carinha da reputação. Se o rostinho for roxo, verde ou deixar de ser uma carinha e virar um selo RA 1000, a confiança do cliente aumenta e ele sente mais segurança na hora de efetuar as compras.

- Advertisement -

O selo representa o índice máximo de reputação, medido a partir do monitoramento diário das reclamações por parte de uma equipe de analistas de conteúdo.

Confira a reputação do e-commerce de farmácias nos últimos seis meses

De todas as farmácias que contabilizaram índice na plataforma no período de 1º de maio a 31 de outubro de 2022, cinco conquistaram o selo RA 1000. São elas as Drogarias Pacheco, Panvel, Nissei, Qualidoc e Consulta Remédios.

Outras cinco varejistas foram consideradas ótimas e seis apresentaram reputação boa. Já na categoria lojas físicas, além das farmácias que já constam do ranking online, Extrafarma e Rede Drogal figuram na lista.

E-commerce de farmácias com sinal vermelho

Por outro lado, o Reclame Aqui indicou varejistas que ainda não deram a devida importância à construção do relacionamento e confiança do consumidor. Seis farmácias figuram entre as que receberam as piores avaliações, quatro delas com não recomendação.

O ranking leva em conta a reputação da empresa e a quantidade de reclamações publicadas para cada categoria vinculada ao cadastro de uma companhia.

Caminhos necessários para a reputação de excelência

Especialista em cultura de atendimento, o consultor Edmour Saiani entende que as farmácias tiveram de encarar o desafio de adaptar muito rapidamente seus canais digitais ao cenário da pandemia, o que amplia riscos na interação com o consumidor. Agora, porém, ele acredita que chegou o momento de assimilar novas lições.

“A operação de e-commerce ainda é pouco amigável, sem dar valor à experiência e ao cuidado de cativar o cliente. Há conveniência, mas falta esse carinho adicional. Por isso, entendo que o comércio digital deve dar lugar ao conceito que combina vendas e entretenimento, usando redes sociais e grupos de mensagem como canais”, enfatiza.

E-commerce de farmácias: reputação da maior para menor nota

Farmácia Nota Reputação Resolução Venda
Consulta Remédios 9,6 RA 1000 97,2% Online
Qualidoc 9,4 RA 1000 97,2% Online
Panvel 8,7 RA 1000 91,6% Online e física
Nissei 8,6 RA 1000 90,1% Online e física
Drogarias Pacheco 8,4 RA 1000 90,3% Online e física
Drogaria São Paulo 8,4 Ótimo 89,4% Online e física
Farmácias Pague Menos 8,4 Ótimo 88,6% Online e física
Drogaria Minas-Brasil 8,2 Ótimo 91,7% Online
Extrafarma 8,2 Ótimo 92,1% Física
Pill Farmácia Digital 8,1 Ótimo 84,6% Online e física
Farmagora 8,1 Ótimo 92,3% Online
Rede Drogal 8 Ótimo 91,9% Física
Farma Forma 7,8 Bom 90% Online e física
Farmácias App 7,7 Bom 86,7% Online
Drogaria Nova Esperança 7,5 Bom 85,6% Online
Droga Fuji 7,4 Bom 82,4% Online e física
Drogaria Liviero 7,4 Bom 100% Online e física
Drogão Net 7,1 Bom 80,6% Online
Dragon Pharma 5,9 Ruim 55,6% Online e física
Droga Clara 5,7 Ruim 63,6% Online e física
Farma Ponte Não recomendada Online e física
Redefarma Não recomendada Online e física
Cuida Bem Farma Não recomendada Online e física
Farmácias Morifarma Não recomendada Física

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress