O maior canal de informação do setor

São João promove doações de absorventes e em dinheiro

266

As Farmácias São João realizaram ações sociais nos municípios gaúchos de Roca Sales e Novo Hamburgo. Nas cidades do interior do Rio

As Farmácias São João realizaram ações sociais nos municípios gaúchos de Roca Sales e Novo Hamburgo. Nas cidades do interior do Rio Grande do Sul, terra natal da rede, a varejista atuou ajudando um hospital e doando absorventes para escolas públicas.

Veja também: Comissão aprova proposta que permite à Anvisa vetar exportação de itens essenciais à saúde pública

Com cerca de 12 mil habitantes, Roca Sales tem apenas um hospital. A pandemia da Covid-19 acabou agravando as dificuldades financeiras da instituição.

Siga nosso Instagram

Para ajudar o Hospital Roque Gonzales, que é uma entidade filantrópica, a São João doou 50% das vendas da inauguração de sua loja na localidade, somando R$ 20 mil.

O presidente da entidade filantrópica, José Bonzanini, comentou que o montante será destinado a reformas. “Esse recurso, que já foi repassado para nossa conta, será utilizado para o conserto do telhado, que está com inúmeras infiltrações”, explicou.

São João em Novo Hamburgo

Novo Hamburgo foi uma das primeiras cidades gaúchas a ter uma lei que prevê a distribuição gratuita de itens de higiene para estudantes de baixa renda. Esse projeto é bancado por recursos do Executivo e também por meio de doações.

A Farmácias São João fez um incentivo inicial ao projeto, com a doação de 6,4 mil absorventes a serem distribuídos nas escolas municipais. Esses produtos beneficiarão mais de 4,6 mil estudantes.

Raizer Ferreira, vereador autor do projeto de lei, ressaltou a importância da ação. “O direito à higiene menstrual é reconhecido mundialmente como uma questão de saúde pública desde 2014. Segundo a ONU, uma em cada quatro brasileiras já faltou aula por não poder comprar absorvente”, aponta.

A distribuição dos artigos de higiene busca evitar que as estudantes percam dias de aula, por não terem os absorventes, e fiquem impossibilitadas de sair de casa. Além disso, evita infecções e risco à saúde devido à má higiene ou uso de produtos inadequados.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação