Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Grandes varejistas passam a vender aparelhos auditivos nos EUA

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

aparelhos auditivos

Um novo nicho de mercado tem sido explorado nos Estados Unidos e as maiores varejistas do país passam a comercializar aparelhos auditivos no balcão das lojas.

CVS, Walgreens, Walmart e Sam’s Club entraram na onda após o Congresso aprovar uma lei que permite a venda do dispositivo sem receita médica. As informações são do Drugstore News.

Os produtos estarão disponíveis para clientes com 18 anos ou mais, com perda auditiva leve a moderada, sem um exame médico ou ajuste necessário por um audiologista.

“Quase 30 milhões de adultos norte-americanos poderiam se beneficiar do uso de aparelhos auditivos, tornando-os uma parte essencial das prioridades de saúde. Pessoas com perda auditiva são mais propensas a sofrer de isolamento social e depressão, têm três vezes mais chances de apresentar um quadro de demência e veem risco maior de queda e hospitalização”, afirma David Reitnauer, vice-presidente de saúde e bem-estar em óptica e audição do Walmart.

Derrubar barreiras no acesso a aparelhos auditivos

“A Walgreens está comprometida em derrubar barreiras para oferecer acesso conveniente a soluções acessíveis de saúde e bem-estar. Estamos tornando mais fácil para os clientes em todo o país comprar aparelhos auditivos de alta qualidade diretamente das farmácias de seu bairro, tanto online quanto na loja”, disse Luke Rauch, vice-presidente sênior e diretor de merchandising da Walgreens.

Aproximadamente 37,5 milhões de adultos americanos relatam algum problema de audição, mas apenas cerca de 20% daqueles que poderiam se beneficiar de aparelhos auditivos os usaram, ressalta Rauch.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!