Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Venda de produtos de beleza cresce 14%

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Venda de produtos de beleza
Foto: Canva

Os primeiros sete meses de 2023 foram positivos para o mercado de HPC. A venda de produtos de beleza avançou 14% no período, tendo a busca por maquiagens como um de seus principais motores. As informações são do Cosmetic Innovation.

Mesmo sendo um dos setores mais afetados durante os períodos mais intensos de isolamento, as maquiagens já retomaram a normalidade e voltaram a crescer. O segmento viveu uma alta de 33% em valores, motivado pela entrada de novos players no mercado.

No período, a comercialização desses produtos movimentou R$ 2,3 bilhões, de acordo com a Circana.

Venda de produtos de beleza por unidade retraiu

Apesar de o montante ter crescido, quando o assunto são as unidades, foi registrada uma leve retração de 2%. “Essa queda se dá principalmente pela performance do segmento semisseletivo e massivo, que decresceram em todas as categorias”, analisa a diretora comercial da Circana, Ana Seccato.

Apesar da retração, algo que manteve o mercado em alta foram os reajustes de preços na comparação com o ano anterior.

Marcas de luxo em alta

Quando levamos a conversa para os produtos premium, aqueles produzidos pelas marcas famosas, os números são animadores, mesmo com uma leve perda de mercado.

De acordo com o estudo, o aumento de vendas em unidades ficou na casa de 12%, mesmo que os principais produtos da categoria, os perfumes, tenham apresentado um desaceleramento no período.

Gastos com higiene e beleza cresceram 23%

Os gastos com cesta de higiene e beleza no varejo aumentaram dois dígitos no primeiro semestre deste ano. É o que apontam dados do Consumer Insights 2023, produzido pela Kantar.

O setor evoluiu 10% em unidades e 23% em valor quando comparado ao mesmo período no ano passado.

Alguns destaques entre as unidades vão para lenços umedecidos (+21%), protetor solar (+19%), pós shampoo (+18%), lâminas para barbear (+17%), papel higiênico (14%), tintura para cabelos, desodorante e creme dental (+13%), escova dental (+11%) e maquiagem (+10%).

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!