O maior canal de informação do setor

‘Acreditamos em uma retomada do país’, afirma diretor da Adcos Dermocosméticos

126

Com 115 lojas em operação em 15 estados brasileiros e presente em todo o território nacional pelo canal farma e e-commerce, a Adcos Dermocosméticos sentiu que era hora de investir em infraestrutura para aprimorar sua cadeia de consumo e assumir o controle de toda a logística de transporte da empresa.

Para isso, a marca de skincare focada nas categorias de fotoproteção e anti-idade, fundada em 1993 pela farmacêutica Ada Mota, inaugurou duas novas instalações no Espírito Santo, seu estado natal: um centro de distribuição e um galpão de armazenagem de insumos. ‘O objetivo do investimento foi baseado em dois pilares. O primeiro deles é melhorar o nível de serviço prestado para o nosso cliente. O outro, aumentar a eficiência financeira a médio e longo prazo, já que teremos uma economia financeira significativa’, diz Lucas Mota, diretor comercial e de marketing da companhia.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/abradilan-quer-qualificar-atacado-e-varejo-com-ciencia-de-dados/

Instalado no município de Cariacica, o novo centro de distribuição com área de 1.000m² disponibiliza cerca de 1.400 posições de pallets de armazenagem, tendo capacidade de distribuir por volta de 5 milhões de unidades por ano em todo o Brasil. ‘Com um centro de distribuição próprio, teremos mais assertividade, agilidade e flexibilidade no processo de venda até a expedição e entrega do produto. O processo será mais rápido e, assim, também teremos condições de personalizá-lo, mantendo o padrão da marca’, explica o executivo.

Já o galpão de armazenagem de matérias-primas foi construído como um anexo à fábrica da Adcos, no município de Serra. O espaço conta com mil novas posições de pallets para a estocagem dos insumos necessários para a produção dos cerca de 180 itens que compõem o atual portfólio da marca. Com o galpão, a empresa espera otimizar a operação dentro do complexo fabril e reduzir significativamente os prazos de atendimento à produção.

‘Com as novas estruturas no Espírito Santo, uma região extremamente estratégica para nós, mudamos toda a experiência de compra e o processo logístico. Este investimento foi fundamental para melhorar e organizar a cadeia da Adcos’, reforça Mota que, mesmo diante do cenário de incertezas econômicas no país e dos desafios impostos pela Covid-19, se mantém confiante no retorno de ganhos e revela a perspectiva de expansão da companhia para outros estados ainda neste ano.

‘Acreditamos em uma retomada do país. Temos acompanhado de perto a situação sanitária e econômica do Brasil junto a economistas e políticos de peso. Para nós, com o avanço da vacinação, as rotinas das pessoas devem gradativamente retornar à normalidade e, consequentemente, o consumo também deve ter uma retomada considerável. A Adcos está investindo para se preparar para este momento’, afirma o diretor comercial e de marketing.

Ele levanta outro ponto importante para o avanço dos negócios da empresa. ‘Com a pandemia, muitas coisas mudaram, inclusive a consciência dos consumidores em relação ao autocuidado. Mais em casa, as pessoas estão mais conectadas, ávidas por informação e com mais tempo para se cuidar, e a categoria de dermocosméticos fala de beleza com saúde’, diz.

Segundo o executivo, a população brasileira tem se conscientizado quanto à eficácia dos dermocosméticos e entendido a relação custo-benefício destes produtos, o que vem proporcionando uma notável alta do segmento. ‘A tendência é que cada vez mais essa conscientização cresça, puxando o crescimento desse mercado no país’, aposta Mota.

Fonte: News Quimiweb

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação