Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Amazon lança assinatura de medicamentos por US$ 5

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

assinatura de medicamentos

 

Mais uma empreitada da Amazon para expandir sua atuação no varejo farmacêutico. A empresa anunciou nesta terça-feira, dia 24, o lançamento do RxPass nos EUA, um serviço de assinatura de medicamentos exclusiva para membros Prime a uma taxa mensal de US$ 5.

“Estamos entusiasmados em oferecer aos nossos clientes preços surpreendentemente simples e baixos nos medicamentos elegíveis de que precisam todos os meses. Os membros Prime já recebem entrega rápida e gratuita de medicamentos prescritos, e o RxPass é mais uma maneira de economizar com a Amazon Pharmacy”, afirma John Love, vice-presidente da Amazon Pharmacy.

Segundo o executivo, qualquer cliente que pague mais de US$ 10 por mês por seus medicamentos elegíveis verá seus custos de prescrição cairem 50% ou mais, além de economizar tempo evitando uma ida à farmácia.

Assinatura de medicamentos engloba mais de 80 doenças

O programa fornece medicamentos genéricos para tratar mais de 80 problemas de saúde comuns, incluindo pressão alta, perda de cabelo, ansiedade e refluxo. Os remédios podem ser entregues mensalmente ou trimestralmente, dependendo dos requisitos de prescrição. As condições cobertas pelo serviço também incluem alergias, diabetes (excluindo insulina) e anemia. Segundo levantamento da varejista, mais de 150 milhões de americanos já tomam um ou mais medicamentos disponíveis no RxPass.

A Amazon lançou vários serviços de saúde nos últimos anos. A empresa encerrou seu programa original de telessaúde Amazon Care (lançado em 2019) em novembro do ano passado em favor de seu mais novo serviço de telessaúde Amazon Clinic. As assinaturas RxPass são dispensadas da Amazon Pharmacy – uma farmácia online acessível exclusiva para membros Prime lançada em 2020.

A empresa não anunciou nenhum plano de estender o serviço para fora dos EUA ou se expandirá a lista de medicamentos.

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress