O maior canal de informação do setor

Anvisa cria plataforma sobre terapias avançadas

357

Anvisa cria plataforma sobre terapias avançadas

Com o objetivo de divulgar informações sobre a regulação sanitária de terapias avançadas para a comunidade científica brasileira, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desenvolveu a Rede Nacional de Especialistas em Terapia Avançada (Reneta), plataforma virtual criada por meio de um projeto realizado em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O conteúdo da plataforma inclui materiais científicos, vídeos educativos e documentos sobre regulação sanitária destinados a pesquisadores, desenvolvedores de produtos de terapias avançadas, pacientes e a todos os interessados no tema.

O principal objetivo da iniciativa é divulgar informações sobre a regulação sanitária das terapias para a comunidade científica brasileira, mas também colaborar com especialistas da Anvisa nas análises de riscos e benefícios de produtos. Visa também acelerar as avaliações regulatórias de produtos de terapias avançadas (PTA) no Brasil.

Além disso, a Reneta dará suporte científico à Anvisa na formação de servidores e estabelecerá uma rede de conhecimento e compartilhamento dinâmico de dados entre a Agência e as universidades brasileiras.

Medicamentos especiais

Os produtos de terapias avançadas (PTA) são considerados medicamentos especiais e incluem produtos de terapia gênica, de terapia celular avançada e de engenharia tecidual (desenvolvimento de tecidos artificiais para uso em humanos). Estes itens estão na vanguarda da inovação tecnológica em saúde e oferecem uma grande esperança para pacientes com doenças para as quais as opções terapêuticas são limitadas ou inexistentes.

Para a Anvisa, esses produtos inovadores exigem novas estratégias regulatórias. Neste sentido, órgão tem atuado de forma sintonizada com o atual modelo internacional de regulação, além de incorporar a opinião de cientistas brasileiros no processo de desenvolvimento dos marcos regulatórios e na avaliação de riscos e benefícios de produtos, na perspectiva de promover acesso à população brasileira a terapias seguras, eficazes e de qualidade.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/05/10/plano-gratuito-da-clinicarx-viabiliza-servicos-clinicos-em-pequenas-farmacias/

 

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação