O maior canal de informação do setor

Aracaju dispensa cerca de 890 mil unidades de medicamentos controlados por mês

177

Entre janeiro e setembro deste ano, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde, a Prefeitura de Aracaju dispensou mais de 8 milhões de unidades de medicamentos controlados a usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), o que representa cerca de 890 mil unidades dispensada por mês.

Veja também: Farmácia Rosário faz parceira com Mercado Pago e traz benefícios no mês de lançamento

Na rede municipal de saúde, a dispensação desse tipo de medicamento é realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Geraldo Magela (Orlando Dantas), Dona Sinhazinha (Grageru), Augusto César Leite (Aeroporto), Dr. José Calumby (Jardim Centenário), Anália Pina (Almirante Tamandaré), Oswaldo de Souza (Getúlio Vargas), Marx de Carvalho (Ponto Novo) e Francisco Fonseca (18 do Forte).

Siga nosso Instagram

De acordo com a coordenadora da Rede de Assistência Farmacêutica e Insumos (Reafi/SMS), Maria Cristiane Trindade de Almeida, a dispensação de medicamentos controlados é realizada com a presença do profissional farmacêutico.

Para receber este tipo de medicamento, tanto na UBS a que está vinculado, quanto num Centro de Atenção Psicossocial (Caps), o usuário deve apresentar receita médica, Cartão Nacional do SUS (CNS), Cartão da Pasta Família, ou comprovante de residência e documento de identificação com foto.

A coordenadora da Reafi/SMS destaca que a validade das receitas é observada no momento de entrega do medicamento; para os de uso controlado, as receitas são válidas por 30 dias.Ela destaca que o planejamento da Prefeitura assegura o fornecimento regular de insumos em toda a rede municipal de saúde, ‘incluindo as farmácias de todas as 45 UBSs e dos quatro Centros de Atenção Psicossocial (Caps)’.

Maria Cristiane ressalta ainda que o planejamento estratégico da Secretaria, focado na garantia dos serviços, e a regularidade na entrega por parte dos fornecedores, contribui significativamente para o cumprimento da programação anual do fornecimento de medicamento elaborados pela Reafi e coordenação da Logística.

‘Com relação à periodicidade do abastecimento nas UBSs, é seguido um cronograma de pedidos elaborado pela Coordenação do Almoxarifado Central com o objetivo de otimizar o trabalho operacional, logístico e de transporte. No caso de medicamentos, o pedido é mensal e se houver necessidade de abastecimento extra são atendidos para não haver desassistência’, enfatiza Maria Cristiane.

Fonte: Sergipe Mais

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação