O maior canal de informação do setor

Com alta de juros, investidores estrangeiros começam a voltar ao Brasil

227

Entre os detentores de títulos da dívida pública, os estrangeiros chegaram a 10,5% do total no mês passado, segundo dados do Tesouro Nacional — em setembro, eles eram 10,4%; em 2020, apenas 9,2%.

Veja também: IPCA-15: prévia da inflação fica em 1,17% em novembro e atinge 10,73% em 12 meses

Com a alta de juros, os investidores de outros países voltaram a financiar por aqui.

Siga nosso Instagram

Mas é bem verdade que esse percentual já foi muito maior. No auge da crise econômica de 2015, os estrangeiros representavam 18,8% dos detentores de títulos de dívida do governo brasileiro. Em 2016, esse percentual caiu para 14,3%.

O coordenador-geral de Operações da Dívida Pública do Tesouro Nacional, Luis Felipe Vital, afirmou que a entrada de investidores estrangeiros no Brasil vai depender do avanço da agenda de reformas.

 “Embora em 2021 a gente tenha um saldo positivo, o fluxo maior e mais consistente de investidores não residentes vai depender do avanço na agenda das reformas fiscais que já conhecemos”, disse.

Fonte: O Antagonista 

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação