Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Cuida Brasil acerta recomposição do Farmácia Popular

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Farmácia Popular

 

O Instituto Cuida Brasil, iniciativa de conselheiros do Conselho Federal de Farmácia, se reuniu com o relator-geral do orçamento, Marcelo Castro (MDB/PI), nesta segunda-feira, dia 19, no Senado. O objetivo foi acertar a recomposição do orçamento do programa Farmácia Popular em R$2,1 bilhões (210%). Com mais de R$ 1 bilhão que estava previsto, os recursos chegam a R$ 3,1 bilhões, mesmo valor autorizado em 2016.

Também foi pleiteado o aumento dos serviços oferecidos pelo Farmácia Popular, como a vinculação da dispensação dos medicamentos à atuação do atendimento farmacêutico de natureza clínica. “Uma maneira de qualificar o programa seria vinculá-lo com a prestação dos serviços clínicos farmacêuticos dentro dos estabelecimentos”, explicou o presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter Jorge João.

“O levantamento do Cuida Brasil constatou que o programa precisava, no mínimo, de R$ 1,8, além do R$ 1 bi previsto. O valor que chegamos, de R$3,1 bi, é essencial para ampliar o atendimento e recuperar o Farmácia Popular, que já vem com históricos de cortes, o que culminaria na sua extinção em 2023”, afirmou o secretário-geral do Cuida Brasil,  Gustavo Pires.

Também participaram da reunião, Renato Porto, diretor de relações institucionais da Abrafarma; e Humberto Oliveira Lopes, presidente do Conselho Regional de Farmácia do Distrito Federal (CRF/DF).

Proposta de reformulação do Farmácia Popular

Em novembro deste ano, o Cuida Brasil realizou um levantamento orçamentário sobre o Farmácia Popular. Desde 2017, o programa vem enfrentando a diminuição dos recursos, sendo que, em 2021, o número de beneficiários caiu para 20,1 milhões.

A entidade propôs a recomposição mínima em R$ 1,4 bilhão, para manutenção e funcionamento do pelo sistema de gratuidade; e R$ 373,3 milhões para o sistema de co-pagamento.

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!