fbpx
O maior canal de informação do setor

Eurofarma lança medicamento inovador para infecções de pele

534

Eurofarma lança medicamento inovador para infecções de pele

A Eurofarma está lançando na América Latina o Delabaxi, medicamento inovador indicado para tratamento de infecções complicadas de pele e partes moles. Trata-se do produto de maior espectro entre as quinolonas, demonstrando eficácia e segurança em monoterapia, sem necessidade de ajuste de dose para pacientes frequentemente acometidos por essas infecções, como obesos e diabéticos.

O novo medicamento, que já está disponível no Brasil, Argentina, Chile, Peru e Uruguai, é para uso hospitalar e chega ao mercado devido à demanda por novas terapias antimicrobianas, para combate às graves infecções causadas por bactérias. O Delabaxi tem como princípio ativo o delafloxacino meglumina e apresenta um grande potencial, especialmente por demonstrar eficácia e segurança em infecções complicadas.

“O lançamento deste produto em diversos países da nossa operação confirma nossa motivação em trazer realmente inovação aos pacientes. Com mais este movimento, nosso objetivo é ampliar nossa participação no mercado de moléculas inovadoras e dar continuidade ao processo de crescimento e expansão da Eurofarma”, afirma Martha Penna, vice-presidente de Inovação da Eurofarma.

Diferenciais e aplicação

O Delabaxi é um medicamento antimicrobiano de injeção intravenosa indicado para adultos no tratamento de infecções de pele e tecidos moles complicadas (IPTMc). Ele faz parte da classe dos quinolonas, medicamentos antimicrobianos que têm ação bactericida, uma vez que impedem a replicação bacteriana. O produto traz o conceito de inovação, porque sua molécula combina atributos importantes no combate às infecções:

  1. É o único da classe dos quinolonas de amplo espectro, ou seja, que age contra bactérias gram-positivas e gram-negativas, incluindo o MRSA (Staphylococcus aureus resistente à meticilina), bactéria que se tornou ao longo dos anos altamente resistente a diversos antimicrobianos e é responsável por entre 30% e 60% de todas as infecções de pele, podendo chegar até 80% em alguns estudos.
  2. Em ambientes ácidos, isto é, aqueles que mais acometem as feridas de pele e tecidos, o medicamento tem sua ação potencializada;
  3. Por conta de sua estrutura molecular, o produto não exige monitoramento sérico, isto é, não demanda ajuste de dose, como é comum em diversos medicamentos para infecções de pele complicadas. Isso permite maior segurança no manejo do medicamento e demanda menos recurso humano durante o tratamento.

Vale destacar ainda que a chegada do novo produto traz junto um perfil consistente de segurança e tolerabilidade, mesmo em pacientes com comorbidades desafiadoras. O medicamento possui baixo nível de eventos adversos, tendo registrado, em um de seus estudos, somente 0,9% de taxa de descontinuação, índice inferior ao de 2,8% de um dos principais concorrentes. Isso contribui para a continuidade do tratamento, menor potencial para interações medicamentosas e possibilidade para redução de custos hospitalares.

Histórico e aprovações

Desde 2015 a Eurofarma busca trazer o delafloxacino para o mercado latino-americano e, no mesmo ano, adquiriu participação acionária da Melinta, farmacêutica americana responsável pelo produto (sob outro nome) nos Estados Unidos. Desde então, a Eurofarma obteve o direito de comercializar, vender e distribuir a molécula no Brasil e América Latina, além de receber transferência de tecnologia, que possibilitou à empresa desenvolver o medicamento em sua principal planta produtiva, em Itapevi (SP).

De acordo com a parceria, a Eurofarma é responsável pela obtenção de aprovação regulamentar para o Delabaxi em 14 países, para além daqueles onde o produto já está em processo de comercialização: Belize, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai e Venezuela.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação