fbpx

GMill investe R$ 25 milhões na distribuição de genéricos

distribuição de genéricos

Bons ventos para o atacado farmacêutico. A capixaba GMill Distribuição, que atende 8 mil farmácias independentes e associativistas em três estados, investirá R$ 25 milhões para incrementar a distribuição de genéricos e dobrar de faturamento em cinco anos.

O aporte será destinado à incorporação de 10 mil m² de área de armazenagem no centro de distribuição de Serra (ES) – um dos três complexos do grupo e com capacidade para 9 mil SKUs. Os outros dois CDs estão situados em Feira de Santana (BA) e São João do Meriti (RJ). A empresa atua no Espírito Santo, na Bahia e no Rio de Janeiro.

A distribuidora iniciou operações em março de 2021, como resultado da fusão entre a LogOp – antiga Sudeste Farmacêutica e especializada em produtos para saúde e correlatos; e a Millenium Comercial, focada em medicamentos similares e genéricos.

distribuição de genéricosReceita recorde com distribuição de genéricos

A expansão é sustentada pelo faturamento recorde de R$ 472,7 milhões em 2021, crescimento de 32% sobre o ano anterior. Trata-se da maior receita do país para uma empresa de distribuição de genéricos com atuação regional no ano passado, segundo pesquisa da Nielsen encomendada pela Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD).

Em 2021, foram 1,736 bilhão de unidades de genéricos vendidas no varejo farmacêutico, segundo dados da IQVIA. A GMill distribui mais de 10 milhões de unidades por mês, quase 10% do total de itens comercializados no país.

Para isso, a companhia está investindo na ampliação do portfólio de não-medicamentos, higiene e beleza, dermocosméticos, perfumaria e correlatos. “Também estamos desenvolvendo projetos para produtos termolábeis e vacinas a fim de ampliar as categorias disponíveis para os nossos clientes”, explica o CEO Lucas Freire e Freire.

Intenção de ser um hub logístico

De acordo com o executivo, o plano é tornar a GMill um hub logístico. “Queremos atuar de forma mais ampla no segmento, ofertando serviços de armazenagem geral, de medicamentos que dependem de resfriamento e até ser um operador logístico para indústrias”, afirma.

Uma das apostas é intensificar os negócios por meio de uma plataforma própria de marketplace. “O foco são varejistas farmacêuticos que não têm presença no canal digital nem possuem um aplicativo de vendas. O pedido do consumidor seria direcionado à loja mais próxima de sua localização, com entrega em até 30 minutos”, ressalta.

A distribuidora está investindo ainda R$ 4 milhões em um projeto de tecnologia, com a meta de reestruturar seus canais de vendas e aplicativos para equipes comerciais e clientes. “A ideia é unificar todas essas ferramentas para que elas conversem entre si e com isso a gente consiga ter mais sinergia e assertividade nas nossas ações”, finaliza Freire.

GMILL DISTRIBUIDORA

SKUs: 7 mil
Colaboradores: 500
Centros de distribuição: Serra (ES), São João do Meriti (RJ) e Feira de Santana (BA)
Farmácias atendidas: 8 mil

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra