O maior canal de informação do setor

Hilab fideliza farmácia com tecnologia e laudos

2.374

Hilab fideliza farmácia com tecnologia e laudos

Uma das principais provedoras de testes laboratoriais remotos (TLRs) do país, a Hilab aposta na emissão do laudo e na tecnologia como trunfos para fidelizar pacientes e o varejo farmacêutico. Com essas funcionalidades e 17 exames disponíveis, o laboratório de análises clínicas já marca presença em mais de 4 mil farmácias e drogarias de cerca de 1 mil municípios.

Beta hCG, hemoglobina glicada, glicemia, dengue, zika, HIV, sífilis, hepatites, PSA e influenza são alguns dos TLRs disponíveis. Diferentemente de outros testes rápidos, cujo resultado é avaliado a olho nu, o grande destaque da empresa é a emissão do laudo, que conta com um processo de dupla verificação.

A health tech aproveita os recursos da Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) para viabilizar a primeira aferição dos exames. Todos os dados captados pelo dispositivo que processa os testes são criptografados e transferidos para um servidor na nuvem. “As informações estão acessíveis de qualquer lugar, o que agiliza tanto o diagnóstico como a resolução de possíveis problemas”, ressalta José Restrepo, diretor comercial e de marketing da Hilab.

App do pacienteA Hilab desenvolveu também uma inteligência artificial própria, a C4iO. O sistema faz uma análise prévia de todos os exames, cujas conclusões estão sujeitas à confirmação de profissionais internos de saúde e análises clínicas. Como todos os dispositivos estão ligados na nuvem e as informações são compartilhadas com um único “cérebro”, a revisão dos resultados torna-se mais precisa a cada teste realizado.

Na sequência, os profissionais de saúde e análises clínicas da Hilab emitem e assinam o laudo, enviado ao paciente por SMS ou e-mail em apenas 15 minutos. O documento também pode ser acessado pelo farmacêutico em casos de dúvidas do paciente. O cliente pode acessar o laudo quantas vezes quiser, pois ele fica disponível no cadastro “Hilab Paciente”.

Além de ampliarem o acesso em regiões remotas, os equipamentos são de baixo custo, fácil utilização e pouco invasivos. “São características ideais para que os farmacêuticos possam prover um rastreamento em saúde muito mais efetivo”, avalia Restrepo.

Atendimento humanizado

Para garantir a melhor experiência ao paciente, a Hilab condiciona a realização do teste ao preenchimento de um cadastro rápido. O objetivo é levantar informações que ajudam o farmacêutico na entrevista clínica.

Cada exame apresenta um questionário com algumas perguntas básicas. O preenchimento correto é importante para que a equipe do laboratório central da Hilab, forneça as orientações adequadas ao liberar o laudo. “Também é um momento em que o farmacêutico pode levantar informações importantes sobre o estado de saúde do paciente e, assim, oferecer outros serviços farmacêuticos”, acrescenta.

Relevância na pandemia

Com a pandemia do novo coronavírus, os TLRs ganharam relevância na medida em que agilizam o diagnóstico médico e apresentam custo menor na comparação com laboratórios convencionais. Além disso, possibilitam ampliar a testagem em massa, uma das ferramentas mais importantes para detectar e isolar as pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2.

“Quando um paciente faz um teste rápido de detecção da Covid-19 em uma farmácia e o resultado for reagente, o estabelecimento é responsável por notificar a vigilância sanitária. Com a Hilab, o farmacêutico pode focar no atendimento, sem precisar tratar dessas burocracias”, destaca o executivo.

Para mais informações sobre os exames laboratoriais da Hilab, clique aqui.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/congresso-da-abrafarma-reflete-sobre-a-farmacia-no-pos-pandemia/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação