Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Brasil ganha medicamento para diabéticos tipo 2 com DRC

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Brasil ganha medicamento para diabéticos tipo 2 com DRC

De acordo com relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pacientes diabéticos nas Américas mais do que triplicou nas última três décadas1, sendo o Brasil um dos cinco países com maior população de pessoas com essa condição.

A expectativa de que, até 2030, o diabetes atinja pelo menos 21,5 milhões de brasileiros2. O tipo 2 da doença é o mais comum3, cuja crescente prevalência em todo o mundo é impulsionada por uma combinação de fatores socioeconômicos, demográficos, ambientais e genéticos4.

Quando não controlado corretamente, o diabetes mellitus do tipo 2 (DM2) pode ser responsável por diversas complicações que podem até mesmo ser fatais ou causar impactos significativos na qualidade de vida dos pacientes.

Entre as consequências do diabetes estão os problemas renais. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), essa população apresenta 40%5 de chances de desenvolver problemas nos rins, além do risco elevado de desfechos cardiovasculares.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto IPSOS e encomendada pela Bayer buscou entender o quanto pacientes com DM2 latino-americanos conhecem as comorbidades da condição, e revelou que problemas cardíacos em decorrência do diabetes aparecem em último lugar pelos entrevistados. Complicações no rim ficam em terceiro lugar, sendo que problemas com a visão e formigamento nas extremidades são as mais lembradas. Nesse sentido, apesar de 40% dos pacientes com DM2 desenvolverem a doença renal crônica6, apenas 13%7 dos entrevistados na pesquisa do IPSOS sabem que sofrem de problemas renais.

“O DM2 é um fator de risco para o desenvolvimento da doença renal crônica (DRC), caracterizada pela perda progressiva das funções dos rins. Trata-se de uma condição potencialmente fatal, geralmente subdiagnosticada, e que amplia os riscos de desenvolver problemas no coração, uma das principais causas de morte nesta população”, alerta Isabella Laba, líder médica da área cardiorrenal da divisão farmacêutica da Bayer no Brasil.

Novo tratamento para pacientes diabéticos

Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a molécula finerenona, utilizada no tratamento dessa comorbidade silenciosa que afeta pacientes diabéticos com DM2, retardando a progressão da DRC.

A molécula recebeu aprovação regulatória da Anvisa em janeiro de 2023. Na Europa, China e na Índia, a aprovação ocorreu em fevereiro, julho e agosto de 2022, respectivamente. Nos Estados Unidos, o medicamento já havia recebido autorização da Food and Drug Administration (FDA) em julho de 2021.

No mercado brasileiro, a chegada de finerenona passa a compor o portfólio de inovações estratégicas para o crescimento do segmento farmacêutico da Bayer nos próximos anos. Globalmente, a empresa destina cerca de 4,9 bilhões de euros ao ano para a jornada de pesquisa de diversos medicamentos, respaldada por uma rede de 16 mil colaboradores e 7.500 cientistas9.

“O diabetes é uma doença silenciosa e por isso é necessário investir no conhecimento do público acerca das condições não-óbvias, como as complicações renais e cardíacas, junto com o alerta dos médicos nos consultórios”, comenta a Dra. Isabella.  “Diante dessa realidade, é preciso que cada vez mais se crie conscientização não apenas em relação às possíveis condições que o diabetes pode causar, como também às inovações que o mercado tem trazido para o cuidado e tratamento delas”, finaliza a médica.

CF: PP-Fi-BR-0036-1

REFERÊNCIAS:

  1. https://www.paho.org/pt/noticias/11-11-2022-numero-pessoas-com-diabetes-nas-americas-mais-do-que-triplica-em-tres-decadas
  2. https://bvsms.saude.gov.br/26-6-dia-nacional-do-diabetes-4/#:~:text=O%20Brasil%20%C3%A9%20o%205%C2%BA,chega%20a%2021%2C5%20milh%C3%B5es
  3. https://diabetes.org.br/tipos-de-diabetes/
  4. https://diabetesatlas.org/atlas/tenth-edition/
  5. https://diabetes.org.br/metade-dos-brasileiros-subestimam-consequencias-mais-graves-do-diabetes/
  6. Jiang M, et al. Predicting the Risk of Diabetic Foot Ulcers From Diabetics With Dysmetabolism: A Retrospective Clinical Trial. Front Endocrinol (Lausanne). 2022 Jul 12
  7. https://www.uol.com.br/vivabem/colunas/lucia-helena/2023/06/15/brasileiros-com-diabetes-deveriam-prestar-mais-atencao-nos-rins.htm
  8. https://www.escardio.org/The-ESC/Press-Office/Press-releases/Finerenone-benefits-patients-with-diabetes-across-spectrum-of-kidney-disease
  9. https://panoramafarmaceutico.com.br/crescimento-da-bayer-supera-15/

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!