fbpx
O maior canal de informação do setor

Pacientes têm dificuldade em conseguir remédios na rede Farmácia de Minas

380

A constante falta de remédios na rede Farmácia de Minas Gerais, programa do governo estadual, tem prejudicado pacientes. Em muitos casos, nem a ordem judicial é garantia de conseguir medicamento.

O motorista José Vieira precisa de ciclosporina, medicamento que garante o funcionamento dos rins depois de um transplante, entretanto, tem encontrado dificuldades para conseguir o remédio. “Se eu não tomar, eu sinto as pernas bambas, fico com o corpo bambo, tenho dificuldade para andar, sinto muitas dores nos órgãos do corpo, não ando direito”, contou.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Muitas pessoas que vão à Farmácia de Minas saem com carimbo de “em falta” na receita. A aposentada Fosca Bicalho precisa do remédio amantadina, usado a no tratamento da doença de Parkinson, que, segundo ela, há um ano não é entregue. “Fala que está faltando e não tem previsão”, disse.

Em outra unidade os medicamentos são entregues apenas para quem tem uma ordem judicial porque eles não estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). Porém, nem estas determinações têm garantido o fornecimento dos medicamentos.

Fonte: G1

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação