Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Medicamentos para hemofilia estão parados há 500 dias

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Medicamentos para hemofilia
Foto: Freepik

Medicamentos para hemofilia? Segundo a Associação Brasileira de Pessoas com Hemofilia (Abraphem), esses remédios não são distribuídos desde agosto de 2022. As informações são do Valor Econômico.

Segundo a entidade, os remédios estão em posse do governo, mas há 500 dias não chegam aos pacientes. No país, cerca de 14 mil pessoas sofrem com a doença.

A associação garante que o poder público tem condições de oferecer um tratamento mais efetivo para 80% dos afetados, mas por que não o faz? Segundo o governo, há opções de tratamentos similares e mais econômicas.

Governo afirma trabalhar com medicamentos para hemofilia mais acessíveis 

De 2018 para cá surgiu um novo tratamento para a hemofilia, que utiliza doses menores e mais espaçadas. A questão é que essa opção de terapia não está universalmente disponível no país.

Esse medicamento mais moderno já está disponível na maioria dos países do G20, grupo do qual o Brasil faz parte, mas, além de nós, só a África do Sul não o disponibiliza.

De acordo com a Abraphem, o remédio foi aprovado no país apenas para pacientes com a versão A com inibidor da doença, o que atinge apenas 20% das pessoas afetadas por esse tipo.

Em nota enviada a reportagem, o Ministério da Saúde se justificou, afirmando que, para os pacientes sem inibidor, existe um tratamento, já distribuído, que é mais barato e tem eficácia “absolutamente igual”.

Hemobrás entrará “na briga” 

Se a Abraphem denúncia uma falta de empenho do governo para levar o medicamento para os pacientes com hemofilia, não quer dizer também que o poder público esteja de braços cruzados.

No último dia 4, o governo federal inaugurou a unidade fabril da Hemobrás em Goiana (PE). A estatal já distribui e agora passará a produzir o Fator VIII Recombinante (Hemo-8r).

Além do impacto na oferta do recombinante, a planta também movimentará a economia local. Afinal, a expectativa é que cerca de dois mil novos postos de trabalho, diretos e indiretos, sejam criados.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress