Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Pílula antirressaca começará a ser vendida no Brasil

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Pílula antirressaca

Comercializada como um suplemento alimentar, a pílula antirressaca Myrkl, da empresa sueca De Faire Medical, começou a ser vendida no Reino Unido em julho e chegará ao Brasil em breve, segundo reportagem do O Globo. A fabricante afirmou que projeta o lançamento em farmácias do país nos próximos três meses, mas a data exata ainda não está confirmada.

Desde que começou a ser comercializada no mundo, há dois meses, a Myrkl já está disponível para envio a 18 países por meio do site oficial. Consumidores de lugares como Austrália, Nova Zelândia, Alemanha e França já podem garantir a pílula, lista que contará com o Brasil até o fim de novembro. A caixa, com 30 unidades, é vendida no Reino Unido pelo valor de 30 libras, cerca de R$ 180. De acordo com a De Faire Medical, a dose indicada é de duas pílulas antes da bebida alcoólica.

Como funciona a pílula antirressaca

A Myrkl promete quebrar o álcool no intestino antes que ele chegue ao fígado, reduzindo assim a metabolização da substância no órgão e a quantidade na corrente sanguínea.  A pílula também reduz os efeitos da bebida no cérebro, característicos da embriaguez, então não é indicada àqueles que desejam beber em busca das sensações provocadas pelo álcool. Além disso, atua apenas sobre doses moderadas.

A pílula chegou a ser testada em um estudo, publicado na revista científica Nutrition and Metabolic Insights, em junho, que acompanhou 24 participantes. Eles tomaram dois comprimidos entre uma e 12 horas antes de ingerir duas doses de destilado. Em comparação com outro grupo, que não recebeu o suplemento, foi observada uma redução de 70% do álcool no sangue uma hora após as bebidas.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress