Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Política de Estado ajudaria a combater falta de medicamentos

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

falta de medicamentos

 

Incrementar a produção nacional, planejar com mais eficiência as compras e o gasto do dinheiro, monitorar melhor os estoques, implantar políticas públicas e visão estratégica seriam a solução para contornar a falta de medicamentos no país. Esta é a opinião do médico sanitarista Walter Cintra, professor da Eaesp (Escola de Administração de Empresas de São Paulo) da FGV, membro do FGVsaúde, em entrevista para a Folha de S.Paulo.

Segundo o especialista, é preciso ter uma política de Estado e não de governo, em relação aos fabricantes e distribuidores de medicamentos e outros insumos para a saúde a fim de garantir uma soberania sobre a cadeia de produção.

Solução para a falta de medicamentos

Uma das soluções para a falta de medicamentos é incrementar a produção nacional, com financiamento adequado para o sistema de saúde. “Planejar com mais eficiência as compras e o gasto do dinheiro, monitorar os estoques, implantar políticas públicas e visão de planejamento estratégico baseado nas necessidades de saúde da população. Estas são prescrições gerais que servem tanto ao setor público como ao privado”, diz o especialista.

Segundo ele, o setor saúde carece de uma forte regulamentação que permita por um lado que a população não fique desassistida e por outro que haja estabilidade e segurança nos contratos. Por exemplo, não é possível que o sistema privado ou público tenha que dar cobertura a todo e qualquer novo medicamento ou procedimento terapêutico que for inventado.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!