Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Angina: dor no peito é sinal de alerta

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

dor no peito

A angina, caracterizada por uma dor no peito, é um sintoma que não deve ser ignorado. Quando o coração não recebe sangue e oxigênio suficientes, devido a um bloqueio nas artérias coronárias, pode ocorrer essa dor intensa e alarmante.

Neste artigo, exploraremos os diferentes tipos de angina, suas causas, sintomas e opções de tratamento disponíveis.

Dor no peito: um sintoma que não deve ser ignorado

A dor no peito, conhecida tecnicamente como angina pectoris, é um dos sintomas mais característicos da angina. Esta dor pode ser descrita como uma sensação de aperto, pressão, queimação ou desconforto no peito, muitas vezes irradiando para os braços, ombros, pescoço, mandíbula ou costas.

É importante ressaltar que a dor no peito não deve ser subestimada e sempre deve ser avaliada por um profissional de saúde.

Entendendo a angina

Existem diferentes tipos de angina, sendo os mais comuns:

  1. Angina estável: ocorre durante a atividade física ou estresse emocional e geralmente melhora com o repouso;
  2. Angina instável: pode ocorrer mesmo em repouso e é um sinal de que uma condição mais grave, como um ataque cardíaco iminente, pode estar se desenvolvendo;
  3. Angina variante (ou prinzmetal): ocorre devido a espasmos nas artérias coronárias, geralmente durante o repouso, e pode ser desencadeada por tabagismo ou estresse.

Causas e fatores de risco

A angina é causada pela redução do fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco devido ao estreitamento das artérias coronárias. Isso pode ser resultado de aterosclerose, um acúmulo de placa nas paredes das artérias. Alguns fatores de risco para o desenvolvimento de angina incluem:

  • Hipertensão arterial;
  • Colesterol alto;
  • Diabetes;
  • Tabagismo;
  • Obesidade;
  • Falta de atividade física.

Sintomas associados à angina

Além da dor no peito, outros sintomas podem estar presentes durante um episódio de angina, como:

  • Falta de ar;
  • Náusea;
  • Fadiga;
  • Tontura;
  • Sudorese excessiva.

É importante estar ciente desses sintomas e buscar ajuda médica imediatamente se ocorrerem.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico de angina geralmente é feito com base na história clínica do paciente, exame físico e testes complementares, como eletrocardiograma (ECG), teste ergométrico, ecocardiograma ou angiografia coronária.

O tratamento da angina visa aliviar os sintomas, reduzir o risco de complicações e melhorar a qualidade de vida do paciente. Isso pode incluir:

  • Medicamentos para controlar a pressão arterial, reduzir o colesterol e prevenir a formação de coágulos sanguíneos;
  • Mudanças no estilo de vida, como dieta saudável, exercícios físicos regulares, cessação do tabagismo e controle do estresse;
  • Procedimentos médicos, como angioplastia coronária com colocação de stent ou cirurgia de revascularização do miocárdio (ponte de safena).

Prevenção: a importância do cuidado com a saúde cardíaca

A prevenção da angina e de outras doenças cardíacas é fundamental para manter a saúde do coração. Isso inclui adotar um estilo de vida saudável, com alimentação balanceada, prática regular de atividade física, controle do peso, cessação do tabagismo e gerenciamento do estresse.

Não ignore os sinais do seu coração

A dor no peito não deve ser ignorada, pois pode ser um sinal de alerta de problemas cardíacos sérios, como a angina. É essencial procurar ajuda médica imediatamente se você ou alguém que você conhece apresentar esse sintoma. Além disso, adotar hábitos saudáveis de vida e realizar exames de rotina são medidas importantes na prevenção e no controle da angina e de outras doenças do coração. Cuide do seu coração, ele é o motor da sua vida.

Este conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta médica. Para esclarecimento de dúvidas adicionais sobre uma patologia, medicamento ou tratamento, converse com um profissional de saúde de sua confiança. Evite sempre a automedicação

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress