O maior canal de informação do setor

Eurofarma promove cortes em subsidiária na Argentina

516

eurofarma

A Eurofarma está implementando um corte substancial em sua subsidiária argentina. Apesar de ter empreendido um plano de redução de gastos para tentar manter a viabilidade de sua operação no país e preservar seu pessoal, os resultados não foram suficientes para reverter o déficit. As informações são do portal Pharmabiz.

Segundo apuração do veículo, devido à queda nos volumes de produção de sua planta local, a farmacêutica decidiu iniciar uma reestruturação de sua folha de pagamento sob a forma de contratos individuais. E seus colaboradores – grande parte da área fabril – terão que responder durante esta semana.

O golpe de misericórdia teria sido uma mudança no contrato de terceirização com a francesa Sanofi, seu principal cliente, que em 2015 comprou a fábrica de Lomas del Mirador. O acordo teria sofrido uma expressiva redução com a venda de marcas como o antigripal Bio-Grip e Bronquisedan; o creme analgésico Rati Salil; o antidiarreico Minicam e o antiácido Falgos.

12 anos de operações na Argentina

A Eurofarma começou a explorar o mercado argentino em 2009 e pouco depois entrou oficialmente no país com a aquisição do laboratório local Quesada. Seis anos mais tarde, comprou a planta de manufatura da Sanofi, localizada em Lomas del Mirador, na tentativa de consolidar e ampliar a sua operação.

A operação local do laboratório brasileiro está atualmente sob o comando de Nathan Putinatti de Almeida. O executivo foi nomeado gerente–geral em agosto de 2020, mas teve que assumir e exercer o cargo de forma remota a partir do Uruguai até o último mês de janeiro, quando finalmente desembarcou na Argentina.

A farmacêutica tem como objetivo se tornar um importante player na América Latina. De acordo com seu plano estratégico para 2022, a projeção é que 30% da receita provenha de operações internacionais. O México, hoje, é considerado seu principal mercado fora do Brasil.

Na América Latina, a farmacêutica está presente em 20 países. Além do Brasil e da Argentina, conta com operações próprias em 19 nações. Possui também uma participação acionária nos Estados Unidos.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação