O maior canal de informação do setor

Ibovespa sobe 6,16% e Bitcoin cai 36% em maio; compare investimentos

260

O Ibovespa, principal índice da B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), subiu 6,16% em maio, aos 126.215 pontos, e bateu o recorde nominal histórico nesta 2ª feira (31.mai.2021). O Bitcoin, por sua vez, tomou 36,4% no mês, em cotação apurada até às 18h. O dólar caiu 3,81% no período.

O índice de ações do Brasil seguiu com o otimismo do fim da última semana e perspectivas de melhora da economia. Nesta 3ª feira (1º.jun.2021), o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) do país. O mercado espera um crescimento em relação ao 4º trimestre de 2020.

Receba a newsletter do Poder360

Em maio, só o Ibovespa e o ouro renderam mais do que a inflação do mês, de 0,44%, segundo a prévia divulgada pelo IBGE. O ouro subiu 4,42% no mês. O IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), que é a inflação de aluguéis, teve alta de 4,10% no período. O Poder360 fez um infográfico para comparar as rentabilidades.

O Bitcoin teve fortes perdas depois do anúncio da Tesla de que não irá mais aceitar pagamentos com a criptomoeda. Além disso, a China disse que quer regulamentar moedas digitais dos Bancos Centrais.

O título público Tesouro Selic com vencimento em 2025 subiu 0,44% no mês, percentual insuficiente para superar a inflação. Outro ativo público, o Tesouro IPCA com vencimento em 2035 teve rentabilidade negativa: -3,5%.

O Ifix (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários) recuou 1,56% em maio. As BDRs (Brazilian Depositary Receipt), que são ativos emitidos no Brasil que representam ações de empresas com sede no exterior, caíram 3,85% no mês.

NO ANO

Apesar da queda em maio, o Bitcoin foi o melhor investimento em 2021, subindo 26,69% desde 31 de dezembro de 2020. Estão atrás as BDRs, com alta de 10,37% e o Ibovespa, com +6,05%. Completam a lista de investimentos que renderam mais do que a inflação do ano, segundo o IPCA-15. O IGP-M do período foi de 14,39%.

EM 12 MESES

O Bitcoin também é o 1º colocado no ranking considerando a variação desde junho de 2020 a maio deste ano. Cresceu 258,63% no período. O índice de ações do Brasil subiu 42,42%. O Tesouro IPCA 2035 também ficou acima da inflação.

Fonte: Poder 360

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/05/07/ibovespa-fecha-em-leve-alta-de-029-aos-119-907-pontos/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação