fbpx

MAC passa a vender maquiagem com parcelamento em até 12 vezes

Suas comprinhas na MAC vão pesar um pouco menos no bolso – e talvez até na consciência. A partir dessa segunda-feira (18/2), os clientes da marca no Brasil vão ter a opção de parcelar os produtos em até 12 vezes. Até então a loja só dividia em quatro cotas. A novidade vem de uma parceria entre a empresa de cosméticos e o Mercado Livre.

Com a colaboração, os itens da MAC passam a integrar a seção de Beleza e Cuidado Pessoal do Mercado Livre. Além do parcelamento maior, os clientes que escolherem comprar por esse site ganham alguns benefícios, como frete grátis nas compras acima de R$ 120 e pontuação na plataforma.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/05/28/distribuicao-de-medicamentos-movimenta-4-bilhoes-de-unidades-na-pandemia/

Em comunicado à imprensa, a diretora da MAC no Brasil, Paola Vorlander, explicou os bastidores da nova parceria. “Estamos em constante evolução e queremos estar cada vez mais conectados com nossos clientes, por isso a escolha da entrada da nossa marca no Mercado Livre. Nossos parceiros são escolhidos cuidadosamente, e ter uma loja oficial no maior marketplace da América Latina é fundamental para estarmos cada vez mais próximos de nosso público final”, afirmou.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Metrópoles

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra