fbpx

Perda de dados digitais acende alerta no varejo farmacêutico

Perda de dados

O rápido desenvolvimento do e-commerce no varejo farmacêutico e os novos hábitos digitais dos consumidores trouxeram um risco na carona. A perda de dados acende o sinal de alerta no setor e está no topo das preocupações dos gestores quando o assunto é a segurança cibernética.

Segundo a última enquete do Panorama Farmacêutico, 62% dos 3.134 profissionais que emitiram sua opinião indicaram a insegurança dos dados como principal foco de atenção das farmácias em relação a crimes digitais. O percentual é bem distante dos 23% que apontaram a queda na reputação como maior risco. A redução na receita recebeu 11% das menções e 4% citaram a perda de produtividade.

Perda de dados cresce especialmente no varejo

Um relatório da empresa de segurança cibernética SonicWall reforça o olhar sobre a proteção dos dados. O número de casos de criptosequestros no varejo global aumentou 63% no primeiro semestre, em relação ao mesmo período do ano passado.

O caso mais recente envolveu uma marca brasileira. No dia 23 de junho, a Fast Shop sofreu um ataque cibernético que afetou todos os dispositivos móveis e a ferramenta online de compras. A empresa desativou a loja virtual e, em um primeiro momento, respondeu a alguns usuários que se tratava de uma manutenção. Só depois a empresa confirmou que suas redes digitais foram invadidas por hackers.

“O varejo sempre será atraente para ataques cibernéticos devido à complexidade dos seus ambientes e distribuição em vários pontos de vendas conectados”, avalia Sylvio Sobreira, CEO da consultoria SVX Corporate.

Para o especialista, setores como o de farmácias vêm direcionando crescentes investimentos para a aquisição de sistemas robustos de ERP e de CRM, mas esquecem de projetar os impactos da segurança dos dados para a própria sobrevivência do negócio.

“E se tudo que foi investido na empresa não puder ser utilizado por conta de uma interrupção? Por isso é essencial dispor de um Plano de Continuidade de Negócios, sempre pensando em um cenário de interrupção das operações por conta de crimes cibernéticos”, observa.

 

Perda de dados

Nova enquete

A enquete que está no ar propõe uma avaliação sobre os modelos de entrega que mais ganharam relevância nas farmácias a partir do advento do e-commerce. As vendas online no segmento permanecem em alta, na contramão dos resultados do varejo em geral.

Fonte: Portal Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra