fbpx
O maior canal de informação do setor

Preços de remédios podem variar até 300% em farmácias de Taboão

1.160

Além de terem subido até 2,84% este ano, os preços de remédios mudam de um estabelecimento para outro, podendo chegar a 300 % a diferença no valor. A variação foi encontrada pela reportagem nas farmácias da região sudoeste da Grande São Paulo no medicamento Omeprazol de 20 mg com sete unidades que custa R$ 3,69 em um local e R$ 19,53 em outro estabelecimento na mesma cidade.

A Gazeta visitou na última semana as três principais farmácias das cidades de Embu das Artes, Taboão da Serra e Itapecerica da Serra para consultar os valores dos sete medicamentos mais consumidos no ano passado, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além da alta nos valores, da variação de preço entre os estabelecimentos, o valor de um medicamento também pode variar até 20% na mesma rede de farmácia, como é o caso do Xarelto, medicamento usado para embolia pulmonar. Uma caixinha de 10 mg com 10 comprimidos, pode ser adquirido por R$ 80,19 na Droga Raia de Itapecerica da Serra ou por R$ 96,61 na mesma rede, só que em Taboão da Serra.

“Realmente é preciso muita pesquisa antes de qualquer compra, porque os preços subiram demais. Antes de comprar qualquer medicamento, eu tento ver se não é distribuído nos postos públicos”, disse a aposentada, de 65 anos, Bete Gonçalves, moradora do Parque Paraíso em Itapecerica Da Serra.

Um outro medicamento que também chamou a atenção no valor é a Metformina de 500 gramas com 30 comprimidos. O remédio utilizado para tratar o diabetes pode ser comprado por R$ 2,92 na Drogasil de Embu das Artes ou até por R$ 10,95 na Farmais Embu. A diferença no valor é de 266%.

O Losartana, medicamento de combate à pressão alta, pode ser comprado por R$ 5,49 na Droga Raia de Taboão da Serra ou por R$ 9 na Drogasil na mesma cidade. A diferença pode chegar a 50% no valor da caixinha com 50 mg com 30 comprimidos.

Economia

De acordo com o Procon-SP, o primeiro passo para economizar nos medicamentos é conferir se o remédio que você precisa é oferecido de graça ou com desconto pelo Farmácia Popular. O programa do Governo Federal oferece a qualquer um, não importa a renda, alguns remédios para o tratamento contínuo de pressão alta e diabetes. Também vende outros medicamentos com até 90% de desconto.

Ainda de acordo com o Procon-SP, os preços variam muito entre as farmácias, por isso, compare valores com a ajuda de sites como o Consulta Remédios, o Clique Farma e o Consulta Medicamentos, entre outros.

Outro caminho é tentar descontos por meio de entidades de classe e planos de saúde. Alguns laboratórios também têm programas de fidelidade. Os descontos costumam ser oferecidos em farmácias conveniadas, para remédios de tratamentos contínuos.

Fonte: O Taboanense

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação