O maior canal de informação do setor

Coty dá início a processo de IPO no Brasil

626

Coty

A Coty, proprietária das marcas Monange, Risqué e Bozzano registrou na CVM o pedido para abrir capital de sua operação brasileira. O objetivo é levantar recursos para investir na expansão das linhas e na digitalização. As informações são do portal Neofeed e do Valor Econômico.

 

No prospecto preliminar enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Coty informa que a receita de vendas cresceu 15% no primeiro semestre ante mesmo período de 2020, chegando a R$ 605 milhões. O lucro líquido totalizou R$ 80,7 milhões nos seis meses, 40,6% acima.

O principal negócio da companhia são os produtos de cuidados corporais, que respondem por uma fatia de 66% da receita. Na sequência, estão os portfólios de cuidados capilares, com 16%; esmaltes, com 14%; e fragrâncias, com 4%.

 

A Coty ressaltou que irá destinar os recursos captados no processo à sua estratégia de expansão digital e ao desenvolvimento de produtos e marketing das categorias de beleza e cuidados pessoais.

 

No ano passado, a Coty vendeu importantes marcas como Wella e OPI para o fundo de private equity KKR por mais de US$ 3 bilhões. E, desde então, a empresa vinha trabalhando o seu reposicionamento.

 

A companhia tem focado suas operações em produtos premium e mais artesanais e parceria com marcas famosas. A Coty produz fragrâncias e cosméticos de marcas como Gucci, Burberry, Marc Jacobs, entre outras.

 

No primeiro semestre deste ano, 10% das vendas foram no canal digital, totalizando R$ 59 milhões. Em 2020, já havia dado um salto de 109%, chegando a 6% da receita, ou R$ 69 milhões. Mas grande parte da força está, ainda no canal físico, em especial supermercados, que responderam por 51% da receita em 2020. Farmácias vieram na sequência, com 21%.

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/biobalance-avanca-com-suplementos-em-grandes-redes/

 

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação